TROVÃO TROPICAL (VERSÃO DO DIRETOR)
Direção: Ben Stiller
Elenco:
Ben Stiller, Robert Downey Jr., Jack Black, Brandon T. Jackson, Jay Baruchel, Nick Nolte, Steve Coogan, Matthew McConaughey, Bill Hader, Valerie Azlynn, Tom Cruise, Tyra Banks, Tobey Maguire, Jennifer Love Hewitt
Distribuidora:
Paramount
Duração:
122 min.

Região:
A, B, C

Lançamento:
18/11/2008

Nº de discos:
1

Cotações:
Filme -

BD -

Comentários de
Jorge Saldanha

SINOPSE
Um grupo de atores problemáticos (Ben Stiller, Jack Black, Robert Downey Jr. e Brandon T. Jackson) está na Ásia participando das filmagens de um filme sobre a guerra do Vietnã, estilo PLATOON. Ao perceber que o diretor do filme (Steve Coogan) não está conseguindo controlar seu elenco e a produção está atrasando, o produtor (Tom Cruise) ameaça cancelar as filmagens. O autor do livro no qual o filme se baseia, o veterano de guerra “Quatro Folhas” (Nick Nolte), tem uma idéia - colocar os atores numa selva de verdade, instalando câmeras escondidas em locais estratégicos a fim de capturar suas atuações de forma realista. Porém o plano não dá certo e o grupo acaba entrando num território controlado por violentos traficantes de heroína, que os atores confundem com figurantes se passando por soldados vietnamitas.

COMENTÁRIOS
Parece que, após um período de vacas magras, as comédias de Hollywood andam dando sinais de revitalização. E entre os exemplares recentes do gênero, SUPERBAD – É HOJE e TROVÃO TROPICAL são dos melhores que vi. Esta última, é de longe para mim o filme mais engraçado de 2008, inclusive conseguindo a façanha de renovar um estilo que já se esgotara há tempos – o da sátira de filmes e gêneros, iniciada pelos irmãos Zucker nos anos 1970 e que mais recentemente sobrevivia na franquia TODO MUNDO EM PÂNICO e em bombas do tipo ESPARTALHÕES. Em sua segunda investida como diretor, o comediante Ben Stiller decidiu “homenagear” os filmes da Guerra do Vietnã – principalmente APOCALYPSE NOW e PLATOON -, porém inovando com um roteiro que coloca um filme dentro do filme. Assim, a maior parte das risadas se originam nos percalços da produção do fictício drama de guerra TROVÃO TROPICAL e das trapalhadas dos seus excêntricos astros.

Merece destaque o alto nível da produção, que demonstra que hoje Stiller é um sujeito muito bem relacionado em Hollywood. Ele conseguiu para seu filme um orçamento que permitiu criar seqüências à altura de um filme guerra sério. Porém o maior trunfo de Stiller foi reunir um brilhante e improvável elenco, onde além do próprio Stiller interpretando um astro de filmes de ação, se destacam Jack Black como um ator junkie de comédias escatológicas, o rapper Brandon T. Jackson como... um rapper que virou ator, e Tom Cruise, hilariamente irreconhecível como o desbocado e ganancioso produtor judeu do filme. Adicionalmente, temos pequenas participações de gente como Danny McBride, Matthew McConaughey, Jason Bateman, Sean Penn e Bill Hader (entre tantos outros nomes do cinema). Mas acima de todos está o excelente Robert Downey Jr., como o loiro ator australiano Kirk Lazarus que, ao interpretar um papel, acaba se tornando o personagem – tanto que, para TROVÃO TROPICAL, escureceu cirurgicamente a pele para interpretar um sargento negro. Como Lazarus, Downey simplesmente dá um show, e sua interpretação cheia de clichês e estereótipos, engraçadíssima, lhe valeu a indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator coadjuvante.

Com esse elenco afinado o filme, além de estereótipos raciais, usa e abusa de outras situações politicamente incorretas, criando situações hilárias envolvendo doentes mentais e deficientes físicos, tudo combinado com um linguajar repleto de palavrões e uma violência que, de tão exagerada, chega a ser engraçada. Claro, mesmo que você aceite esta proposta de humor não espere rir do início ao fim do filme, mas o fato é que TROVÃO TROPICAL tem o mérito de conseguir ser, ao mesmo tempo, uma farsa ultrajante, uma sátira a Hollywood e uma realização coesa. E nesta Versão do Diretor em Blu-ray, que adiciona mais 15 minutos à que foi originalmente exibida nos cinemas (destaque para os falsos trailers que antecedem o início da história), o filme ficou ainda melhor.


O BD
TROVÃO TROPICAL está saindo no Brasil em DVD para locação neste final de dezembro, enquanto lá nos EUA ele já foi lançado em DVD e Blu-ray em novembro. Este BD americano, de dupla camada (50Gb), é o mesmo que será lançado também aqui no Brasil em 2009, trazendo uma vibrante transferência anamórfica 1080p/AVC MPEG-4, com o filme em seu aspecto original 2.35:1. Nela o que mais se sobressai são as cores, exuberantes e estáveis, e o excelente contraste. Os tons de pele são naturais, e os pretos, sólidos como rocha. De um modo geral, é uma bonita apresentação do filme (cujo visual já me agradara no cinema), clara e com um alto nível de detalhes. Exceto por um pouco de granulação inerente à película, não percebi artefatos, defeitos ou a aplicação de filtros, nesta que pode ser considerada mais uma transferência impecável da Paramount, que após ter abandonado o defunto HD-DVD está lançando títulos que são referência de qualidade no formato Blu-ray.

Também o som do filme é de primeira, sendo daquele tipo que poderá incomodar os seus vizinhos. O áudio lossless original em inglês Dolby TrueHD 5.1 é turbinado e de alta fidelidade, trazendo diálogos sempre claros mesmo no meio de frenéticos tiroteios e explosões, e uma ótima distribuição do som por todos os canais. O uso dos canais surround é dinâmico nas cenas de ação, e nas demais cria uma ambiência forte e imersiva. O subwoofer fornece a base de graves para dar o peso necessário a esta excelente mixagem. Há também dublagens Dolby Digital 5.1 em francês e espanhol, e as legendas disponíveis são português (do Brasil, como em todos os lançamentos da Paramount no formato), inglês, francês e espanhol.

OS EXTRAS
Os extras em vídeo do Blu-ray de TROVÃO TROPICAL estão, em sua grande maioria, em formato anamórfico, alta definição (HD), áudio em inglês 2.0 e com opções de legendas em português. Adicionalmente, há alguns que somente podem ser acessados via BD-Live. Apesar dos comentários em áudio e os exras do BD-Live não possuírem opções de legendas, no conjunto o pacote de extras é mais do que satisfatório, bem informativo e divertido, valorizando ainda mais esta edição do filme.

  • Comentários em áudio - Para serem ouvidas durante o filme, há duas opções de faixas de comentários em áudio. A primeira traz o roteirista/diretor/ator Ben Stiller, o produtor executivo e co-roteirista Justin Theroux, o desenhista de produção Jeff Mann, o produtor Stuart Cornfeld, o editor Greg Hayden e o diretor de fotografia John Toll, tratando de vários assuntos pertinentes à produção. Já a segunda, mais divertida, conta com a participação de Stiller, Jack Black e Robert Downey Jr., sendo que este último não perde o pique e se mantém no personagem durante todo o tempo. Diversão à parte, o trio também fornece boas informações sobre a realização;

  • Rain of Madness (HD, 30 min.) – Se fosse aconselhar a você que assistisse pelo menos um dos extras do Blu-ray, este seria a minha indicação. Trata-se de um falso documentário no estilo do famoso “Hearts of Darkness” (o documentário em longa metragem sobre a complicadíssima produção de APOCALYPSE NOW) realizado por um cineasta alemão, que “revela os bastidores” de TROVÃO TROPICAL - incluindo o trágico destino de seu diretor e o sumiço do elenco principal na selva. Assista, que a diversão é garantida;

  • Featurettes (HD, 49 min.) – Temos um conjunto de pequenos documentários de produção, cujo mais longo é o dedicado ao elenco (22 min.). “Before the Thunder” trata da pré-produção, “The Hot LZ” explora a grande cena de ação no início do filme, “The Cast” dá aos atores a oportunidade de falarem sobre seus personagens e atuações, “Blowing Shit Up” apresenta a equipe de efeitos especiais e suas ferramentas explosivas, “Designing the Thunder” nos mostra os vários sets que aparecem na versão final do filme, e “Make-up Test with Tom Cruise” documenta o teste de maquiagem com Tom Cruise;

  • Deletions, Extensions, and an Alternate Ending (HD, 21 min.) – Além de um final alternativo, temos aqui uma coleção de cenas eliminadas ou estendidas que podem ser assistidas com introduções e comentários em áudio opcionais;

  • Full Mags (HD, 11 min.) – No lugar dos comuns erros de gravação, Stiller incluiu uma amostra das divertidas improvisações, sem cortes, de uma cena entre ele e Robert Downey Jr. É a mesma cena repetida várias vezes, mas que sempre é diferente e comprova como a improvisação pode ser o segredo de uma boa comédia;

  • MTV Movie Awards (SD, 4 min.) – Único vídeo em resolução standard e não-anamórfico dos extras (em letterbox), este divertido curta com Stiller, Downey Jr. e Black foi feito para os MTV Movie Awards de 2008;

  • BD-Live (HD, 48 min.) – Para acessar o restante do material extra, que está online, seu player deve possuir a conectividade do Profile 2.0. Assim, você poderá baixar cenas deletadas do documentário “Rain of Madness”, alguns vídeos de ensaios do elenco e improvisações adicionais de “Full Mags”.

DVDs / BDs COMENTADOS