ANASTASIA
Música Composta e Conduzida por Alfred Newman. Diretor do Coral: Ken Darby

Selo:
Varèse Sarabande
Catálogo:
VSD-5422
Ano: 1993

14 Faixas

Duração: 41:48
Cotação:

Comentário de
Marcos Queiroz

 

Um CD atualmente não muito fácil de conseguir, mas que deve ser persistentemente perseguido por fãs da boa música do cinema, pois representa o sinal da versatilidade e do romantismo de um compositor dos mais prolíficos da era de ouro do cinema. Constituído de uma grande variedade de formas musicais com temas diferentes: 4 valsas (faixas 2, 4, 6 e 7), 2 marchas (as duas em uma única faixa – faixa 11), 1 polka (faixa 9, quase em ritmo de valsa, também), um solo de piano, e uma espécie de hino-oração Russo, a trilha sonora de Anastácia, A Princesa Esquecida (versão de 1956), com Yul Brinner, Ingrid Bergman e Helen Hayes nos papéis principais, possui um tema central bastante familiar, por ser uma música muito utilizada em referências ao cinema dos anos 50. Ainda enquanto lançamento em LP esta trilha sonora já apresentou um valor inestimável, pois o seu primeiro lançamento pela Decca Records estava no sistema monaural, apesar da gravação original do filme ser em surround stereo”, mas toda esta produção sonora estava perdida até a Varese resolver em 1978 lançar a versão obtida diretamente dos six-track masters originais do filme, e para isso precisou da autorização de Lionel Newman, vice-presidente da 20th Century Fox Musical, na época, e irmão de Alfred Newman, já falecido oito anos antes.

O lendário George Korngold aceitou produzir o álbum ao lado de Len Engel, cabeça do departamento de edição da Fox, e coincidentemente, o editor musical de Anastasia em 1956. Precisaram, ainda, da aprovação de Ken Darby, braço direito de Newman, que foi o diretor do coral de vozes masculinas do hino-oração Russo e também arranjador desta canção ("Russian Easter"), quem aliás assina o comentário presente no encarte. Para fechar com chave de ouro esta brilhante iniciativa, foi encontrada uma versão do tema de Anastasia executado ao piano pelo próprio Alfred Newman, e esta se tornou uma faixa bônus “previosly unreleased”. O curioso nas notas sobre a gravação em stereo é que a Varese reproduziu o texto tão na íntegra que consta a informação da novidade da versão em piano de "Anastasia", como se estivesse na última faixa do lado 2 do CD. Os 5:27 minutos iniciais incluem a Fanfarra da Fox (como todos já sabem, de autoria do próprio Newman), o tema central em clima apoteótico de Overture de grandes concertos, um breve tema de ligação entitulado "Paris", dando lugar à canção "Russian Easter", que particularmente nesta obra de Newman não é uma canção feita com base no tema central do filme, o tema é exclusivo para a canção-hino.

Além das várias versões do tema de Anastasia (faixas 1, 3, 5, 7, 8, 10, 12, 13 e 14), esta trilha sonora possui inúmeros outros temas menos marcantes, mas que nem por isso deixam de ser igualmente brilhantes como composição, deixando ainda o tema central aparecer, sempre que possível, identificando de forma sensível sua relação musical com a base temática do filme. Meu destaque vai para três das 14 faixas do CD: em primeiro lugar a faixa 5 ("The Beginning") que apresenta o tema na forma mais melódica e romântica com inesquecíveis solos de um violino que só falta falar, ou melhor, chorar; a faixa 7 ("Anastasia Waltz") é o perfeito casamento do tema à forma de valsa, aliás nunca foi tão perfeito este casamento. E Newman ainda se dá ao luxo de, perto de terminar a música, introduzir algumas notas a mais, que quase poderia ser considerada mais uma valsa, enriquecendo a já grandiosa melodia da Valsa de Anastasia. E, finalmente, destacaria também a versão, em piano, tocada por Alfred Newman, um verdadeiro achado, que faz deste CD um acontecimento imperdível para os fãs de Newman. "Anastasia" (versão piano) encerra o álbum, mesmo depois de um "End Title" de tirar o fôlego.

Tenho perdido muito o meu fôlego e readquirido novamente a fim de ouvir incansavelmente esta grandiosa obra musical do cinema indicada ao Oscar de Melhor Trilha Sonora de Drama ou Comédia de 1956, perdendo, de forma justa, para a música de Victor Young para o filme A Volta ao Mundo em 80 Dias.

CDs COMENTADOS