THE DEVIL'S REJECTS
Música composta por Tyler Bates


Selo: La-La Land
Catálogo: LLLCD 1035
Ano: 2005
Faixas:

1. Tiny and His Girl/Police 
2. Ten Cars Twenty Five Pigs 
3. Shootout 
4. Mama Pulls the Trigger 
5. Ride the Horse 
6. Driving to the Khaki Palms 
7. Unwanted Guests 
8. Official Clown Business 
9. Dirty Knees 
10. See You In Hell 
11. Yellow Brick Road 
12. Another Failed Escape 
13. Adam's Face 
14. The Rejects Were Here 
15. Road Kill 
16. Brother George/I Found Your Guy 
17. Holy Guacamole 
18. Hand Sandwich 
19. Joyride 
20. Staples 
21. You Feeling It, Brother? 
22. Run Baby Girl 
23. Tiny Snaps Wydell 
24. We'll Come Back for You


Duração:
59:28
Cotação:

Comentário de
J
orge Saldanha

 

Para a continuação de seu horror cult Casa de 1000 Corpos (Night of 1000 Corpses), o roqueiro/diretor Rob Zombie escolheu o compositor Tyler Bates para criar o score. Os créditos de Bates incluem filmes como a refilmagem da Universal do clássico horror de George Romero Madrugada dos Mortos (Dawn of The Dead), Rated X (dirigido pelo ator Emilio Estevez), Get Carter e Baad Asssss!, de Mario Van Peebles. Sendo ambos músicos de rock, Zombie e Bates desfrutam de uma genuína camaradagem, que naturalmente desenvolveu-se nesta atual parceria.

Os Rejeitados do Diabo (The Devil's Rejects), que a exemplo do filme anterior foi lançado apenas em DVD no Brasil, mistura horror e western, numa história de loucura, morte e vingança que dá continuação à saga dos seguidores do culto do Dr. Satan. Bates optou por capitalizar a sede de sangue, o medo e o frenesi da terrível história de Zombie, também autor do roteiro. Como resultado temos um trabalho sem precedentes da parte de Tyler Bates, repleto de dissonâncias esquisitas e acordes amedrontadores. A orquestração é criativa, os metais soam distorcidos.

Além da seção de metais, regida por Tim Williams, o compositor utiliza um ensemble eclético de percussão, guitarras (tocadas por ele mesmo), vozes, baixo, sintetizadores e mellotron. Adicionalmente, em busca de uma sensibilidade atemporal, Bates emprega sons industriais criados por máquinas, veículos, etc.. Contudo, é a massiva seção de instrumentos de percussão e a orquestração ameaçadora que prepara o terreno para as assustadoras caçadas, fugas desesperadas e confrontos violentos. Algumas vezes o resultado é muito excitante, outras... apenas muito barulhento.

À parte do filme, a trilha de The Devil's Rejects está longe de ser uma experiência auditiva leve ou fácil. A funky / blues "Ride The Horse" e a vocalisada "We'll Come Back for You" são as únicas concessões melódicas do álbum (e há também "Holy Guacamole", uma faixa source tipo parque de diversões). Se você procura por uma trilha sonora melódica esta é a escolha errada, uma vez que a maior parte da música é concebida com o único propósito de provocar no ouvinte reações primais, às vezes até mesmo viscerais.

O senso de ameaça da música é quase constante, o que é definitivamente adequado para o filme. Mas exatamente por esta razão este não é um score indicado para todos os fãs da música de cinema. Zombie pediu a Bates uma "p... de uma trilha apavorante e f....", e foi exatamente isso que o compositor entregou. Então, se você não é fã deste tipo de "trilha p... e f....", é melhor fugir para salvar sua vida!

 

 

 

 

CDs COMENTADOS