ELIZABETH
Música composta por David Hirschfelder

Selo:
London
Catálogo:
 460-796-2
Cotação:

Comentário de
J
orge Saldanha

 

O trabalho de Hirschfelder para Elizabeth, indicado ao Oscar de melhor partitura original, surpreende por não ser típico de um drama de época, apesar de algumas faixas ("Coronation Banquet", "Rondes") refletirem a música do período. A impressionante "Elizabeth Overture" inicia o álbum, uma dramática marcha em staccato acompanhada por metais e letras em latim entoadas pelo David Hobson Chorale e o Australian Boys Choir.

Hirschfelder utiliza-se de música sacra, como na sinistra "Aftermath" e na climática "Night of The Long Knives". Se alguma crítica pode ser feita à partitura de Elizabeth, é de que, na maior parte de seus 62 minutos, ela possui um clima pesado que falha em cativar o ouvinte em busca de temas líricos. Nesse aspecto, a música funciona bem melhor associada às imagens do filme, que nos mostra a trágica história de uma jovem rainha que, para o bem do seu país, abdicou do amor.

Mesmo assim, as duas versões do "Love Theme" de Hirschfelder são atraentes e delicadas, adicionando algumas necessárias pitadas de romantismo ao score. Encerram o CD duas belas seleções de música clássica, "Nimrod" (Edward Elgar) e "Requiem Introitus" (Mozart).

CDs COMENTADOS