STAR WARS EPISODE I: THE PHANTOM MENACE
Música composta e regida por  John Williams

Selo: Sony Classical
Catálogo:
758573/2
Ano: 1999

Cotação:

Comentário de
J
orge Saldanha e Ricardo Augusto de Souza da Silva

 

22 anos após visitar o universo de Guerra nas Estrelas pela primeira vez, John Williams retorna à saga de George Lucas. Apesar de suficientemente identificada com o som consagrado nos filmes originais, a música de The Phantom Menace reflete as mudanças ocorridas no estilo de Williams, a partir de meados dos anos 80. Orquestrações elaboradas, coral e a utilização apenas moderada de temas conhecidos, à exceção do famoso tema de abertura (prestem atenção nos acordes sutis de "The Imperial March" em "Anakin´s Theme") cruzam os 75 minutos de duração do CD, no qual destaca-se "Duel of The Fates" , o verdadeiro tema do filme. A gravação, feita nos estúdios Abbey Road de Londres, nos brinda com excelentes performances da The London Symphony Orchestra, London Voices e The New London Symphony Orchestra, todos sob a batuta de Williams. Esta é a versão original do álbum, que omite grande parte da música gravada para o filme, posteriormente lançada em um CD duplo: Star Wars: The Phantom Menace - The Ultimate Edition. Se a nova versão contém toda a música ouvida no filme, esta contém a versão para concerto de vários temas, em uma seqüência que privilegia a experiência auditiva, e não a fílmica, o que equivale dizer que, para os completistas, ela também torna-se indispensável.

O formato das composições deste score nos lembra o Star Wars original (1977). Como John Williams disse na época do lançamento do filme: "90% é novo e 10%  é recriação". Esses "10%" para um ouvinte desatento poderiam passar desapercebidos, a "Imperial March" é incluída em quase todas as músicas em alusão ao jovem Anakin, que se tornará Darh Vader. E os outros "90%" são composições que mostram um mundo musical mais trabalhado. Williams desenvolveu temas que acompanharam as novas histórias e o avanço tecnológico, que permitiu dar detalhes antes impossíveis ao filme. Não somente os efeitos visuais avançaram, a própria história se tornou mais rica, Williams expandiu as composições que já havia feito para a trilogia original sem perder a identidade musical do filme. Destaco também "The Arrival at Tatooine and The Flag Parade", "Panaka and the Queen's Protectors" e "Augie's Great Municipal Band and End Credits".

CDs COMENTADOS