JASON AND THE ARGONAUTS
Música composta por Bernard Herrmann - Bruce Broughton regendo a Sinfonia of London

Selo: Intrada
Catálogo:
Excalibur Collection MAF 7083

Duração: 45:21
Cotação:


Comentário de
J
orge Saldanha

 

Dando seguimento à sua excelente Excalibur Collection, composta pelas regravações de Ivanhoe e Julius Caesar, regidas por Bruce Broughton (Tombstone, Lost in Space), a Intrada lançou em gravação digital de 20 bits a trilha composta por  Bernard Herrmann para mais uma fantasia do mestre da animação stop-motion, Ray Harryhausen: Jasão e os Argonautas.  Anteriormente disponível apenas de forma parcial em regravações do próprio Herrmann, os 60 minutos de Jason nos mostram o compositor no auge de sua forma, reforçando seções da orquestra para tornar a música que acompanha as peripécias dos heróis mitológicos literalmente explosiva.

Por exemplo, a seção de metais da orquestra possuía 8 trompas, 6 trompetes, 6 trombones e 4 tubas! Uma enorme quantidade de instrumentos de percussão também foi utilizada, e os resultados podem ser conferidos em faixas como "Talos Death" e "Triton". Mas o destaque é de "Scherzo Macabre", ouvida durante a batalha entre os homens de Jasão e vários soldados-esqueleto. A faixa originou-se do scherzo composto por Herrmann em 1936 para a peça clássica "Nocturne and Scherzo", que para o filme foi adaptada exclusivamente para sopro, metais e percussão. Indubitavelmente, este CD da Intrada é uma das melhores e mais fiéis regravações de uma trilha clássica já lançadas.

 

 

 

CDs COMENTADOS