Keisuke Wakao plays music of John Williams
Keisuke Wakao, oboé;  Kazunori Maruyama, piano; John Williams, piano (em The Days Between...); Ann Hobson Pilot, harpa, The Borromeo String Quartet - arranjos de  Kazunori Maruyama e John Williams (em The Days Between...)


Selo:
Denon Japan
Catálogo:
COCQ-83115
Ano: 1999

12 Faixas

Duração: 60:52
Cotação:


Comentário de
Miguel Andrade

 

No início de 1999 encontrei a descrição deste CD no site de Scott Hanson, dedicado a John Williams. Desde o início fiquei seduzido pelo álbum, sedução aumentada pela presença do próprio Williams na última faixa. De resto o nome do solista também não era desconhecido. Wakao é o oboista da Boston Symphony Orchestra e tem dado numerosos recitais pelos Estados Unidos e Japão. No decorrer deste ano e meio até conseguir ter uma cópia minha, a ansiedade foi aumentando, e como se sabe essa ansiedade cria expectativas que, mais tarde, muitas das vezes não são cumpridas. Mas estou feliz por poder dizer que este não foi o caso. Todo o álbum demonstra inteligência e sensibilidade. Inteligência na escolha do repertório, sensibilidade nos arranjos de Kazunori Maruyama e nas interpretações de todos os envolvidos. O álbum reflete um período vasto na carreira do compositor, passando por algumas obras menos conhecidas.

Começamos com uma apresentação do tema de Sabrina (1995), que, como na maioria dos arranjos, segue muito a estrutura da peça original. O quarteto de cordas e piano suportam habilmente o solista e isso faz-se sentir nas passagens mais exigentes. O "Flying Theme" de E.T. (1982) reflete o empenho e capacidades artísticas dos músicos. A maior parte das peças escolhidas são mais introspectivas e suaves, adaptando-se melhor ao ensemble de câmara que as interpreta. Mas também muitas delas, na sua instrumentação original, já usavam o oboé ou outro instrumento da sua família (flautas, clarinetes...). Esse é o caso em "The Face of Pan" de Hook (1991), no "Princess Theme" de Star Wars (1973), "Luke and Leia" de Return of the Jedi (1983) e no "Love Theme" de Superman (1978). Um momento de magia acontece em "The Reunion" de Jane Eyre (1971), um dos trabalhos preferidos do compositor. Para mim a peça, interpretada assim, por um pequeno agrupamento de câmara, consegue ser ainda mais bela que na orquestração original de Williams.

Se em geral os arranjos seguem a estrutura das peças originais, The Accidental Tourist (1987) segue um caminho diferente mas não pior. Para o seu final o oboé tem direito a um solo simplesmente maravilhoso. A partitura vencedora do Oscar Schindler's List (1993) está representada por uma maravilhosa interpretação de "Remembrances", com Wakao acompanhado apenas pela harpa (interpretada por Ann H. Pilot, também da Boston Symphony) e pelo "Theme from Schindler's List". Ainda que o álbum se concentre em música mais lenta e suave, Wakao e os seus músicos mostram aquilo que são capazes em "Devil's Dance" de Witches of Eastwick (1988). Se por um lado não tem o poder de uma interpretação orquestral, não deixa de perder o seu caráter demoníaco. Mas o álbum é coroado pelo próprio Williams a acompanhar ao piano Wakao na piéce de resisténce da partitura de Stepmom (1998), "The Days Between..." Um momento único, que justificaria por si só um CD. Dito isto, só lamento que a distribuição de um disco de exceção como este tenha sido tão limitada, deixando apenas a cópia em CD-R como solução para ouvir estas excepcionais interpretações.

CDs COMENTADOS