A Man Called Peter
Música Composta e Conduzida por Alfred Newman. Diretor do Coral: Ken Darby

Selo:
Film Score Monthly
Catálogo:
 FSM Vol. 4 Nº 7
Ano: 2001

37 Faixas

Duração: 58:14
Cotação:


Comentário de
Marcos Queiroz

 

"A Man Called Peter é uma crônica saudável e espiritual da vida de Peter Marshal, um imigrante escocês que foi promovido à posição de capelão no senado dos Estados Unidos”; esta é uma breve descrição dada sobre o filme, para o qual a música deste CD foi escrita, retirada de seu encarte; mas simplificadamente, usando apenas duas palavras, posso dizer que este CD é “Divino e Amoroso”, no sentido mais profundo e sensível destas palavras. A Man Called Peter é notável por ser um dos poucos filmes que negociou com os interesses Protestantes a ideologia Católica. Foi um épico religioso e como tal exigiu uma música elegíaca, profunda, sagrada... e Alfred Newman, já há muito tarimbado em fazer trilhas sonoras de filmes religiosos, fez tudo isto e, ainda, acrescentou romance e poesia nesta obra grandiosa da música, pouco divulgada, mas muito importante para o cinema por sua polêmica temática de cunho religioso, raramente explorada com sucesso. Diferentemente dos outros filmes religiosos para os quais Newman compôs, como The Keys of Kingdom, The Song of Bernadette, The Robe, David and Batsheba e Greatest Story Ever Told, A Man Called Peter é “filtrado” pelas experiências contemporâneas, especialmente aquelas que causam decepção diante de eventos bíblicos diferentes dos esperados. Talvez A Canção de Bernadette seja a trilha mais similar das citadas, neste sentido.

Segundo Lukas Kendal, o produtor do CD, a única música que revela a tendência de Peter para os seus “momentos celestiais” é, particularmente, a faixa 3 – “The Revelation” - mas em toda a sua música para este filme Newman se concentrou na “beleza do espírito humano” e no Amor Terrestre, que tão bem consegue expressar e cativar através de temas orquestrais e de “canções de igreja”, estas últimas, todas arranjadas e supervisionadas pelo competente Ken Darby, algumas delas com um espírito muito mais “popular americano” que “religioso”. O lado mais humano e romântico da trilha sonora é representado pelo tema para a esposa de Peter, Catherine Marshal. Esta melodia de amor permeia toda a trilha sonora temperando-a com a doçura necessária a um apaixonante concerto cinematográfico, feito de belíssimos solos de um violino que quase leva a assinatura de Alfred Newman. Como é comum em suas trilhas mais belas, brilham estes solos de um violino mais “melódico” que os de hoje, criando uma atmosfera amorosa tão delicada que toda a orquestra, por vezes, silencia para que estas sentidas cadências possam ser ouvidas sem disputa ou mesmo sem diálogos que diminuam suas participações, nem tanto celestiais, mas profundamente emocionantes.

Curiosamente, o tema de Catherine já havia aparecido com algumas pequenas diferenças em filmes memoráveis como O Pássaro Azul (The Blue Bird, 1940), A Malvada (All About Eve, 1942) e Sob o signo do Sexo (Leave Her to Heaven, 1945) todos com música de Newman. Além disso o “American Theme” que aperece nas faixas 15, 16 e 34 ("Washington, D.C."; "The Lincoln Memorial" e "Our New Chaplain") também já havia aparecido em filmes como Young Mr. Lincoln (1939), no próprio The Blue Bird e em How The West Was Won (1962). E para completar Newman também reusou o tema de nome “Soliloquy”, faixa 29 no filme O Falso Traidor (The Counterfeit Traitor, 1962). Considerando o fato de Newman ter feito perto de 250 trilhas sonoras, repetir alguns temas é no mínimo aceitável. No ano em que este filme foi exibido Alfred Newman recebeu o Oscar por Suplício de uma Saudade (Love is a Many Splendored Thing). Como se não bastassem as qualidades românticas e religiosas da música de Alfred Newman para este filme, há ainda uma leve influência escocesa dando aos temas um caráter ainda mais lírico e poético. Vale a pena adquirir um exemplar deste CD, que, sendo uma edição limitada (3.000 cópias), um dia se esgotará... e, ao meu ver, este é um dos melhores já lançados pela Film Score Monthly.

CDs COMENTADOS