The Party / The Great Race
Música composta por Henry Mancini


Selo:
RCA/BMG
Catálogo:
822382
23 Faixas
Duração: 62:39
Cotação:


Comentário de
J
orge Saldanha

 

Mais um título da Mancini Soundtracks Collection da RCA inglesa, reunindo as trilhas de duas hilárias comédias de Blake Edwards, que foram intituladas no Brasil como Um Convidado Bem Trapalhão (1968) e A Corrida do Século (1965). The Party é um dos filmes mais engraçados dos anos 60, e nele, o inesquecível Peter Sellers vive o atrapalhado ator hindu Hrundi Bakshi, que entra de penetra em uma festa de Hollywood. Sua colega de elenco, Claudine Longet, faz-se presente também na trilha sonora, com uma ótima interpretação na faixa "Nothing to Lose". Para interpretar o score, Mancini reuniu um afiado grupo de músicos de jazz de Los Angeles (muitos dos quais já haviam trabalhado com ele), como Shelly Manne, Plas Johnson, Jimmy Rowles, e Jack Sheldon. Além da música tema, há muitas faixas de jazz romântico e com aquela batida típica dos anos 60: "Chicken Little Was Right", "Birdie Num Num", "Party Poop", "Wiggy", "Brunette In Yellow". Groovy, Baby!

Mas é no score de The Great Race que está o destaque deste CD, uma grande demonstração do talento de Mancini em musicar comédias. Saindo dos anos 60 diretamente para o início do século XX, época em que se situa a ação do filme, vemos uma corrida em que vale as maiores trapaças, na maior parte perpetradas pelo vilão vivido por Jack Lemmon, sempre de preto, e seu assistente Peter Falk. Tony Curtis, em um dos melhores papéis de sua carreira, é o mocinho bonitão todo de branco. A ambientação e os momentos de puro pastelão propiciaram muito material de inspiração para Mancini, que reuniu no score diversos estilos, como valsa ("The Royal Waltz"), marchas ("The Great Race March"), polkas ("Pie-In-The-Face Polka") e ragtimes ("Overture"). Ao lado de músicas que não fariam feio em alguns dos melhores momentos de O Gordo e O Magro, temos uma adorável canção de ninar ("Night, Night Sweet Prince") e um dos mais belos temas românticos já compostos por Mancini e Mercer, "The Sweetest Tree". Ao som de uma pianola, a faixa tem a qualidade de uma balada atemporal e perene, e é perfeita para emoldurar o romance da repórter Natalie Wood e Curtis.

CDs COMENTADOS