Prince of Foxes
Música Composta e Conduzida por Alfred Newman. Diretor do Coral: Ken Darby

Selo:
Film Score Monthly
Catálogo:
FSM Vol. 2 Nº 5
Ano: 1999

24 Faixas

Duração: 58:14
Cotação:


Comentário de
Marcos Queiroz

 

Tentando repetir o mega-sucesso de Capitain From Castile, de 1947, a 20th Century Fox lança, em 1949, esta obra do mesmo autor, Samuel Shellabarger, com o mesmo protagonista (Tyrone Power) e o mesmo compositor. A música de Alfred Newman segue os mesmos matizes da produção anterior, mas com um caráter mais italiano do que espanhol, uma vez que o filme trata da fase negra da família Borgia. Então, a alusão à corte está presente em faixas como 3 ("Ferrara"), 4 ("Royal Court"), 5 ("Madonna"), 18 ("The Duke’s Entrance") e 19 ("The Banquet"). Estes temas de Newman são um misto dos estilos de Miklós Rózsa para Young Bess (A Rainha Virgem) e Erich Wolfgang Korngold para os filmes de aventura com Errol Flynn. O próprio tema central romântico que aparece nas faixas 5, 10, 16, 21, e em forma de canção na faixa final 24 ("Song of Venice") também apresentam um clima de realeza que nos transporta para épocas remotas da Renascença.

Na faixa 9, “Death Plot”, Newman apresenta um outro tema igualmente romântico que provoca um incremento no lirismo e na beleza desta obra prima. O CD não possui um som muito bom, pois produz um ruído que lembra a velha agulha sobre o LP, e que permeia todas as faixas, mas isto não atrapalha a apreciação do magnífico bailado dos instrumentos musicais da orquestra dos estúdios da Fox. A faixa 12, “Festival of Spring”, inclui a primeira participação do coro dirigido e arranjado por Ken Darby. A riqueza melódica desta trilha sonora é uma das marcantes características que tornam este trabalho de Newman uma obra prima musical feita para o cinema e uma das trilhas bastante citadas, entre as que fez, ainda na década de 40, mesmo não recebendo sequer uma indicação ao Oscar.

O CD recebeu 4 estrelas e não 5, apenas porque a edição musical cinematográfica inclui muitos movimentos brusco e fortes, que são executados no meio ou no final de algumas faixas, que possuem muito mais efeito para as cenas, a eles associadas do que em função de uma melhor satisfação aos ouvintes pós-execução, e, além disso, por causa do baixo nível da qualidade sonora.

CDs COMENTADOS