RESIDENT EVIL: APOCALYPSE (SCORE)
Música composta por Jeff Danna, regida por Nicholas Dodd


Selo:
Varèse Sarabande
Catálogo:
302 066 616 2
Ano: 2004

Faixas:
1. My name is Alice
2. Alice Battles the Nemesis
3. The Nemesis / S.T.A.R.S.
4. Panic at the Gate
5. Umbrella is Watching
6. Ashford's Plan
7. Cain's Demise
8. The Nemesis is Awakened
9. Zombies in Church
10. Captured by Umbrella
11. The Crash Site
12. Dogs in the Kitchen
13. Searching for Alice
14. The Anti-Virus
15. Beneath the City
16. The Last Transport
17. Search the School
18. I Remember Everything

Duração: 39:46
Cotação:


Comentário de
J
orge Saldanha

 

Jeff Danna, o irmão mais jovem de seu colega compositor, Mychael Danna, é um profissional criativo e versátil. Ele começou a sua carreira compondo as trilhas de programas de televisão como Beverly Hills, 90210, e é mais conhecido por seus scores suaves ou sombrios para os filmes "O", Uncorked e Green Dragon. Para The Gospel of John, Danna buscou com afinco antigos instrumentos da época de Jesus para criar uma partitura que, mesmo com a incorporação de uma grande orquestra e coral, soasse autêntica. Agora Resident Evil: Apocalypse, o segundo filme baseado na famosa série de vídeo games Survival Horror da Capcom, marca o primeiro trabalho do compositor para uma aventura de terror/ficção científica.

O filme anterior apresentava um barulhento score de
Marco Beltrami/Marilyn Manson, que perdeu parte do clima e da ambientação característicos das trilhas sonoras dos jogos. Para esta continuação os produtores decidiram contratar Danna a fim de levar a música da série no cinema para novas direções, e mesmo não tendo familiaridade com os games ou com este tipo de filme, o compositor aceitou enfrentar este desafio. Após alguma pesquisa sobre filmes de horror e a série de jogos Resident Evil, sua abordagem foi entrelaçar orquestração sinfônica clássica (o que significou incluir no processo uma grande orquestra) com instrumentação eletrônica. Danna compôs por volta de 90 minutos de música para o filme, e este CD preserva uns 40 minutos do score (foi também lançada uma compilação das canções ouvidas – ou não – no filme).

A música foi gravada no Air Studios do maestro George Martin, com a London Philharmonia de 75 instrumentos, o mesmo grupo que Danna e seu orquestrador/regente Nicholas Dodd utilizaram em seu trabalho anterior, The Gospel of John. A partitura de Danna inicia de modo etéreo e misterioso com "My Name is Alice", mas rapidamente lança-se em um ritmo dinâmico, levado por guitarras e sintetizadores. Na sua essência, Resident Evil: Apocalypse é uma trilha sonora muito expansiva, possuindo uma presença orquestral muito dominante enquanto, ao mesmo tempo, carrega um ritmo pulsante derivado dos instrumentos eletrônicos e das guitarras elétricas.

Sob certos aspectos, o score possui algumas das características da música dos jogos em sua dinâmica de ação. Há poucos temas recorrentes, já que ele é basicamente uma peça de ambientação, de texturas de composição centradas em torno dos samplers de sons utilizados por Danna. O personagem Nêmesis é uma das poucas exceções, para seu tema Danna empregou uma espécie de som eletrônico bizarro que acompanha a criatura durante o filme. Na minha opinião, infelizmente o score sofre com esta falta de material temático mais tradicional (a propósito: sou um grande fã de temas).

E sim, o score, como seu predecessor, também possui momentos barulhentos para compensar esta falta de temas ou motivos, mas pelo menos nesses trechos a orquestra apresenta um material de ação que impressiona, interpretado por cordas ágeis e metais em tonalidades ásperas ("Alice Battles the Nemesis", "Cain's Demise", "Dogs in the Kitchen"). Por outro lado, há algum sentimentalismo e tristeza em faixas como "The Crash Site" e "Searching for Alice". Bom, se Resident Evil: Apocalipse não pode ser considerado o melhor trabalho de Danna, certamente ele representa uma promissora introdução do compositor neste gênero de trilha incidental.

CDs COMENTADOS