Rob Roy
Música composta e dirigida por Carter Burwell. Música adicional composta e interpretada por Capercaillie

Selo:
Virgin Records America
Catálogo:
7243 8 40481 2 9
Ano: 1995

Cotação:

Comentário de
Miguel Andrade

 

Carter Burwell é um dos mais inventivos compositores a trabalhar no cinema americano atual. Na sua filmografia realça a sua colaboração com os irmãos Cohen, mas acima de tudo o seu enorme ecletismo na seleção de ensembles para a criação do som apropriado para o filme que está prestes a musicar. Para tudo isto contribui o fato de Burwell não ser um "animal" de Hollywood. A sua formação musical foi feita em Nova York, e é aí que mantém a sua atividade. Mesmo quando a trabalhar para produções de Hollywood, o compositor prefere continuar a trabalhar na costa leste, e é sem dúvida esse fator que contribui para o seu som mais distinto, e afastado das convenções musicais de Hollywood. Sendo Rob Roy uma história passada na Escócia, questões referentes à escolha de um ensemble não devem ter sido particularmente difíceis.

A partitura é altamente competente, com um som mais urbano, afastado do romantismo Hollywoodiano, mas ao mesmo tempo com todas as marcas registradas da música folclórica. Para dar um toque mais real, Burwell trás consigo os Capercaillie, que contribuem com duas danças originais, "The Gaelic Reels" e "The Blunt Reels", que interpretam. A vocalista do grupo, Karen Matheson, participa ainda como solista em três peças, duas delas canções tradicionais, com arranjos deste grupo e do compositor Burwell. Noutras faixas em que solos surgem, Miriam Stockley faz um trabalho exímio. Na partitura há momentos pacíficos, com uso de instrumentos tradicionais, interrompidos por outros que recordam a luta pela independência. Os dois temas principais recorrentes são apresentados logo na faixa inicial "Overture (Rob Roy & The Rieving Party)".

O tema dedicado a Rob Roy (Liam Neeson) é imbuído de nobreza e de um tom naturalmente escocês. Só este tema em si é um achado. Os momentos mais agitados fazem, como é freqüente com este compositor, um maior uso de percussão, mas são ao mesmo tempo eficazes e audíveis. No conjunto é um trabalho bastante bom, cheio de momentos interessantes, que suporta audições repetidas, e que por certo agradará a todos os admiradores de música folclórica, assim como aos seguidores das novas tendências na música para cinema.

CDs COMENTADOS