THE TREASURE OF THE SIERRA MADRE
Música composta por Max Steiner

Selo: Rhino Handmade
Catálogo: RHM2 7773

Ano: 2002

Faixas:

1. Main Title
2. Partners
3. The Trek
4. Windstorm
5. Those Endearing Young Charms
6. Up There!
7. Water Trough
8. Night / Cave In
9. Call For Help
10. Texas Memories
11. Night And Distrust
12. Gila Monster
13. Gila Monster Uncovered
14. Unwelcome Visitor
15. Bandits
16. Gunfight / Federales
17. Cody's Letter
18. Packing Up
19. Indian Visitors
20. Unwilling Caretakers
21. Madness And Murder / Indian Village
22. After Dobbs / Dobbs Is Killed
23. Bandits Arrested
24. The Ruins
25. Texas Memories / Finale
26. End Cast
27. Indian Celebration
28. Pardners Harmonica Solo
29. Pardners Dance Band Arrangement

Duração: 54:05
Cotação:


Comentário de
Carlos Fiorelli

Algumas imagens deste clássico:

 

Em 1947, John Huston dirigiu um dos maiores filmes da história do cinema mundial: O Tesouro de Sierra Madre (The Treasure Of The Sierra Madre). Escrevendo o roteiro baseado num extravagante texto de um misterioso escritor, B. Traven, o diretor escalou um elenco magistral para o filme. Além de Humphrey Bogart e Tim Holt como protagonistas, Huston convenceu seu pai, Walter Huston, a trabalhar na magnífica história, desempenhando um papel inesquecível. Há também a presença de Alfonso Bedoya, um grande astro mexicano. A história se passa no México, onde três homens fazem amizade e resolvem garimpar ouro na montanha mexicana Sierra Madre. A trilha sonora ficou a cargo de um dos maiores compositores da Golden Age de Hollywood, o austríaco Max Steiner. Os elementos básicos desta fantástica trilha de Steiner são concepções melódicas mexicanas, tornando-a um trabalho muito original e marcante. Isso também gerou um elemento facilitador nas associações entre as músicas e as seqüências do filme.

Todavia, o lançamento oficial e original em áudio desta estupenda trilha sempre foi desconsiderado e apenas em novembro de 2002, através do selo Rhino, ocorreu um lançamento em CD, numa tiragem limitada de apenas 2.500 cópias mas que ainda pode ser encontrado em muitas lojas virtuais. Um ano antes o maestro William Stromberg conduziu esta trilha num lançamento do selo Marco Polo em CD,  mas é um trabalho muito incompleto, além de não ser original. Portanto, com o lançamento da partitura original pela Rhino, este álbum deveria saciar o desejo de muitos fãs deste fabuloso score. Aliás, o encarte luxuoso de 20 páginas é maravilhoso e tem 17 fotos sensacionais do filme. De fato, as edições da Rhino, uma divisão do grupo Warner, sempre foram impecáveis no tocante à perfeição e integridade musical de trilhas para o cinema. Um exemplo disso é o maravilhoso lançamento de 1995 em CD da obra North By Northwest (1959), de Bernard Herrmann. Além de ser a partitura original, regida por Herrmann para o filme, está totalmente completa.

Infelizmente, o lançamento de O Tesouro de Sierra Madre está surpreendentemente incompleto. Há algumas explicações bem estranhas no encarte do CD, além de muitos erros cronológicos e informações inverídicas em relação aos temas desenvolvidos. Eles até comentam que não foi possível encontrar os acetatos originais de três temas, mas esta informação não está completa porque de fato são oito os temas "desaparecidos" e não apenas três. Mas o pior ainda é que alguns temas do disco não são originais, ou seja, nunca estiveram presentes na trilha original do filme. Poderiam ser consideradas versões alternativas, mas não originais, e inexplicavelmente isso é desconsiderado pelos produtores deste lançamento da Rhino. De fato, eles são categóricos em afirmar que toda a trilha é original, o que não é verdade. Todos esses fatores até que seriam "perdoáveis" se viessem de algum selo desconhecido, mas vindo de uma potência como a Warner, é inadmissível.

Mas se em terra de cego quem tem um olho é rei, então este lançamento ainda pode ser considerado como valioso, afinal é o único lançamento em CD contendo a melodia original do filme - pelo menos até o presente momento. Este maravilhoso trabalho de Steiner tem oito temas que serão desenvolvidos no decorrer da história, através de muitas variações melódicas. O tema de abertura é uma junção de três peças que serão desenvolvidas no filme: uma forte e empolgante introdução de ritmo mexicano; uma peça com um andamento violento de caráter mexicano também; e um tema que simboliza riqueza, ouro e profundidade. Alguns segundos antes do término do "Main Title", o telespectador observa Bogart verificando anúncios da loteria federal na cidade de Tampico, México, em 1925. "Partners" é uma introdução rápida do tema mexicano iniciado no "Main Title" e será muito explorado na história. Nesta seqüência ele ilustra o aperto de mãos dos dois amigos, Bogart e Holt, na futura jornada em busca de ouro, sendo observados por Huston.

"The Train Robbery" é a primeira das oito peças "desaparecidas" e que infelizmente não está no CD. Este incrível e marcante tema foi também delineado no "Main Title" rapidamente, e trata-se de um ritmo mexicano, tocado com muita violência e rapidez no final. É o momento em que os bandidos mexicanos, liderados pelo terrível 'Chapéu Dourado', Bedoya, tentam assaltar o trem em que os três protagonistas estão presentes. "The Trek" retrata o início da longa viagem de nossos amigos em busca de riqueza. É também o começo da subida na montanha mexicana Sierra Madre. A introdução é a mesma de "Partners" e depois surge o principal tema do filme, uma melodia belíssima, alegre, original, que incorpora movimentos melódicos que simbolizarão amizade, companheirismo, caminhada, alegria, reconhecimento e paradoxalmente também traição. No final da peça, por apenas alguns segundos, ainda surge uma outra melodia, simbolizando ouro e riqueza; entretanto, ela tomará "forma" e "corpo" mais para a frente.

"Windstorm", apesar de uma introdução melódica que será melhor desenvolvida mais adiante, em uma peça que simbolizará ouro e riqueza, tem novamente o tema de "The Trek" a maior parte do tempo. Retrata uma tempestade de vento e os primeiros sinais de cansaço dos homens, na subida da montanha. "Those Endearing Young Charms" é um trecho tocado pelo próprio Huston com sua gaita, após um longo dia de trabalho para subir a montanha. Infelizmente a versão original do filme não está presente no disco e sim uma versão "alternativa" (mas no encarte do disco este tema é considerado como original, o que de fato não é verdade). "The Good Earth", uma introdução bem curta com elementos mais lentos de "The Trek", também não está presente no CD . É o momento em que Huston observa o solo e constata que naquela região realmente há ouro. "Up There" é praticamente a mesma introdução empolgante de "Partners", e apenas pontua o momento em que Huston diz que o ouro está 'lá em cima'.

"Prepared Trough", um trecho curto da belíssima "The Trek", é a quarta peça que não está presente no CD. Retrata o momento em que nossos amigos preparam o tanque de mineração. "Water Trough", como fica claro no título, é o momento em que a comporta é aberta e a água escorre pelo tanque de mineração. A melodia, tocada pela primeira vez no "Main Title", é o tema que sempre será simbolizado no filme em cenas de referência a ouro, riqueza, mistério, profundidade e delírio. "Night / Cave In", é uma peça que retrata várias seqüências intercaladas no filme. Ela começa no momento em que os três amigos estão dividindo o ouro pela primeira vez, pelo desmoronamento de uma parte da mina com Bogart dentro dela, e Holt resgatando Bogart da mina. A melodia começa com elementos rítmicos curtos e pesados simbolizando mistério, dúvida e finalizando com o belo tema de amizade de "The Trek". "Call For Help" é uma frenética seqüência sonora que pontua Holt chamando Huston, quando Bogart é resgatado da mina.

"Texas Memories", é uma melodia mexicana belíssima e singela que será repetida muitas vezes no filme. Com um solo de violão mexicano no fundo, ela retrata o momento em que Holt conversa com Huston e relembra de sua terra natal, no Texas. É uma junção perfeita de melodia e cena, simbolizando mesmo a memória na mente de um ser humano e seus sonhos. "Night And Distrust" é uma peça bastante lenta, com muita dissonância e trechos de "The Trek" novamente. Ela é interpretada no momento em que a paranóia se instala pela primeira vez na mente de Bogart em relação aos outros dois companheiros. A desconfiança do protagonista é expressada na melodia. "Gila Monster", é um curto trecho de uma melodia bem lenta, pontuando o momento em que Holt observa um perigoso lagarto do deserto correndo para baixo de algumas pedras. Infelizmente este trecho não está no CD e novamente a Rhino colocou uma versão "alternativa", não informando as pessoas que compraram o produto.

"Gila Monster Uncovered" é outro trecho bem curto para pontuar a seqüência em que Holt atira no lagarto. Na verdade é "The Trek" de uma maneira bem lenta e distorcida. "Unwelcome Visitor", tem uma curta melodia mexicana no inicio, revelando momentos de dissonância também, simbolizando o desespero de Holt ao relatar aos amigos a presença de um intruso que o seguiu até a mina. "Bandits" é o tema "The Train Robbery", um dos temas mais marcantes do filme. Ele começa no momento em que os três amigos resolvem votar pela vida ou pela morte de Bennett entre eles; e termina com a preparação dos nossos amigos para enfrentar os terríveis bandidos liderados por Bedoya. Essa longa peça começa bem lenta, evocando mistério e indecisão. Entretanto, a melodia mexicana de ritmo violento, que já foi interpretada no "Main Title", começa a tomar forma até que eclode de uma maneira formidável.

"Gunfight / Federales" é o mesmo tema "The Train Robbery", mas de uma maneira mais completa e por incrível que pareça, mais empolgante e surpreendente. Há uma passagem rápida também de "The Trek", mas a violência do ritmo mexicano do tema "The Train Robbery" é reforçado até o final da peça. Trata-se de um dos momentos mais marcantes do filme. É a luta desesperada dos nossos três amigos, mais o intruso, contra os temíveis bandidos mexicanos liderados pelo fulminante 'Chapéu Dourado'; e também é a catarse do alívio provocada pela chegada dos soldados federais do México, afastando os bandidos dos protagonistas. "Cody’s Letter" é um melodia bem triste, porém muito bonita, que retrata a morte do intruso, Bennett, pelos tiros dos bandoleros mexicanos. Entretanto, essa peça é intercalada com a repetição de belíssima melodia mexicana "Texas Memories", quando Holt lê para os amigos a carta da mulher de Bennett, evocando lembranças, passado e saudades.

"Packing Up" na verdade explora dois temas, "Partners" e "The Trek", revelando o momento em que os protagonistas resolvem deixar a mina de ouro e a montanha Sierra Madre. É o "adeus" à montanha que tanto ofereceu aos três aventureiros. "Gold To Four Parts" é a mesma melodia tocada por Huston, com sua harmônica em "Those Endearing Young Charms". É também outra peça que não está no CD da Rhino. "Indian Visitors" é uma curta introdução que será desenvolvida melhor na próxima peça. Trata-se de uma melodia que pontua mistério, num ritmo lento porém pesado. É o momento em que índios da região mexicana pedem auxilio aos nossos amigos garimpeiros. "The Indian Child Revival", cuja introdução foi expressada brevemente na faixa anterior, é uma das peças mais interessantes desta trilha de Steiner. O andamento é lento e há a presença de um belo vocal no fundo. A melodia, de base completamente mexicana, insinua mistério, tristeza e, paradoxalmente, beleza. Este tema é desenvolvido no momento em que Huston vai para a vila dos visitantes indígenas e salva uma criança desmaiada por afogamento. É um dos momentos mais belos do filme. E infelizmente, para não variar, a melodia não está presente na edição da Rhino. Um absurdo eles não gravarem do próprio filme este tema, sendo que inclusive não há praticamente diálogo algum nesse trecho. Bastaria extrair do próprio filme a gravação do tema e incluir no disco.

"Going Back To The Indian Village" é o oitavo e último tema ausente no CD da Rhino. Trata-se de uma versão mais lenta de "The Trek", tocada no momento em que Huston deixa Holt e Bogart e volta para a comemoração na vila indígena. "Unwilling Caretakers" é um trecho de dissonância que apenas pontua um momento de fadiga de Holt e Bogart. "Madness And Murder / Indian Village", é uma seqüência temática clássica do filme. São vários temas reunidos em um só. Inicialmente o ritmo é bem lento evocando mistério, passando por trechos de "The Trek" e "Water Trough", culminando numa overdose de dissonâncias simbolizando o redemoinho da psicose e maldade do protagonista Bogart. Trata-se do momento em que a paranóia de Bogart atinge o grau mais elevado; enlouquecido pela 'febre do ouro', ele atira em Holt, acreditando que ele morreu. Esta longa peça tem sua finalização com uma bela e empolgante melodia mexicana, que retrata Huston na vila indígena no momento em que Holt é encontrado e trazido pelos índios.

"After Dobbs / Dobbs Is Killed" tem como introdução o tema de "Partners"; uma retomada ligeira a "The Trek"; um conjunto de melodias bem drásticas; e a catarse temática de "The Train Robbery". Trata-se de um conjunto de cenas marcantes do filme, desde o momento em que Holt e Huston vão procurar Bogart, até o assassinato do próprio, quando é encontrado pelo terrível 'Chapéu Dourado' e seus bandoleiros sádicos. Essas cenas são muito assustadoras e novamente Steiner faz uma junção perfeita entre as melodias e as imagens do filme. "Bandits Arrested" é uma versão bem curta de "The Train Robbery" e também uma releitura de "The Trek", no momento em que os bandoleros mexicanos são desmascarados e presos pela população. "The Ruins" tem uma curta introdução de "Partners", e prossegue com uma longa releitura da delirante "Water Trough". É o momento em que Holt e Huston vão desesperados para as ruínas em busca dos sacos de ouro espalhados ao vento.

"Texas Memories / Finale", é um conjunto final de várias peças do filme: o tema "Texas Memories" revelando os planos de Holt de voltar para o Texas; a peça "The Trek" simbolizando a despedida entre os dois grandes amigos, Huston e Holt; o tema "Water Trough" mostrando um saco furado onde havia ouro, preso a um cacto; e "Partners" emoldurando o "The End" na tela. "End Cast" é o tema mexicano "Texas Memories", mostrando os nomes do elenco do filme. A Rhino adicionou três temas de bônus neste CD. O primeiro deles é uma seqüência musical que foi filmada e posteriormente eliminada pelo diretor John Huston, "Indian Celebration". Trata-se do momento em que os índios celebram Walter Huston e a criança, antes dada como morta, 'revivida' pelo "grande doutor". De fato, é a mesma melodia de " Indian Village". Os outros dois bônus são variações da peça "The Trek": " Pardners Harmonica Solo", que seria utilizado no lugar de "Those Endearing Young Charms"; e "Pardners Dance Band Arrangement", que é apenas uma versão orquestrada com andamento hollywoodiano.

Este lançamento teria tudo para ser um ótimo trabalho da Rhino, entretanto, a ausência dos oito temas torna-o um CD incompleto, e de certo modo falacioso. Como já foi comentado, eles teriam condições perfeitas de incluir as faixas que não foram encontradas nos acetatos originais. Bastaria gravar diretamente do próprio filme os temas ausentes. Isso é perfeitamente possível nos atuais tempos de tanta tecnologia, e com uma qualidade de áudio bem interessante. Deste modo O Tesouro de Sierra Madre continua infelizmente incompleto, e resta apenas esperar a boa vontade da Warner reavaliar e lançar na íntegra este magnífico trabalho. Alguns tesouros são impossíveis de serem encontrados.

CDs COMENTADOS