The Spielberg / Williams Collaboration
Música composta e regida por John Williams. Toots Thielmann, harmônica/American Boychoir, The Tanglewood Festival Chorus, The Boston Pops Orchestra


Selo:
Sony Classical
Catálogo:
SK45997
Ano: 1990

13 Faixas

Cotação:


Comentário de
Miguel Andrade

 

Desde o início da sua carreira, Williams tem trabalhado como intérprete. Em 1980, quando assumiu a direção da mundialmente famosa Boston Pops Orchestra (a alcunha da Boston Symphony durante os meses de verão), essa sua atividade apenas se tornou mais visível. E inevitavelmente, Williams, o compositor, aproveitou essa nova possibilidade para expor o seu trabalho e o dos seus pares, compositores de Hollywood. O seu primeiro álbum com a orquestra, "Pops in Space", gravado em maio de 1980 e lançado no final do mesmo ano, incluía apenas música de Williams. Nas gravações seguintes não foi raro encontrar composições de Williams, mas só em 1986 o compositor gravou um novo álbum exclusivamente dedicado às suas composições, intitulado "By Request...".

Após terminar o contrato com a Philips Classics, Williams e a Boston Pops realizaram mais duas gravações dedicadas às suas composições para cinema, mas desta feita com o ponto comum de conterem apenas música para os filmes do grande amigo do compositor, o realizador Steven Spielberg. O primeiro destes álbuns, "The Spielberg/Williams Collaboration", é um sonho tornado realidade, com magníficas interpretações dos músicos de Boston, que não ficam nada atrás das gravações originais. Todas as peças gravadas são arranjos para sala de concerto, ou então as suítes de end credits, como é o caso da inesquecível "Raider's March", que abre o CD. Para além dos temas que marcam não só a colaboração de Spielberg e Williams, mas a própria história do cinema, como
Jaws, Close Encounters of The Third Kind (aqui na suíte para coro e orquestra) e E.T., Williams revisita alguns trabalhos menos conhecidos, como o lindíssimo tema para Always, com um solo sublime para trompa, ou uma versão de concerto de "Cadillac of the Skies" do filme Empire of The Sun.

De particular interesse é a primeira apresentação em disco do tema da primeira colaboração entre o realizador e o compositor, The Sugarland Express , aqui num arranjo para sala de concertos, mas mantendo o solo para harmônica, novamente interpretado, tal como na gravação original, por Toots Thielmanns. Jaws recebe uma mini-suíte, composta pelo tema e por "Out to Sea & Shark Cage Fugue". O segundo movimento é particularmente memorável, na magnífica interpretação da Boston Pops, enquanto que o tema pode ser encontrado numa interpretação ainda superior, com o compositor a dirigir a London Symphony no CD "The Hollywood Sound". De E.T. temos "Adventures on Earth", a grande e exuberante conclusão do filme, e o mini-concerto para dois pianos de "Over The Moon". Empire of the Sun traz também a peça coral "Exultate Justi", um dos pontos altos do CD, com a extraordinária participação do Tanglewood Festival Chorus. A marcha de 1941, uma típica marcha dos heróis, mas com um toque algo cômico, ganha uma das suas melhores interpretações.

Das aventuras do arqueólogo/aventureiro Indiana Jones temos mais dois temas, sendo de realce o "Scherzo for Motorcycle and Orchestra" do último filme. O disco conclui com a suíte de Close Encounters of the Third Kind, uma viagem deste a atonalidade caótica até ao grand finale, com o som glorioso da Boston Pops, do American Boychoir e do Tanglewood Festival Chorus, enquanto o clássico "When You Wish Upon a Star" se mistura com o agora célebre motivo de cinco notas de Williams. Uma viagem por alguns dos grandes marcos cinematográficos da história recente, através da música de um dos grandes magos da batuta. Para completar em beleza, temos notas assinadas pelo próprio Spielberg e uma magnífica ilustração de Drew Stolzman. A não perder!

CDs COMENTADOS