STAR TREK: THE MOTION PICTURE
Música composta e regida por Jerry Goldsmith

Selo:
Columbia Legacy
Catálogo:
C2K 66134
Ano: 1998

Faixas (disco 1):
1. Ilia's Theme
2. Main Title
3. Klingon Battle
4. Total Logic 
5. Floating Office
6. Enterprise 
7. Leaving Drydock 
8. Spock's Arrival 
9. Cloud 
10. Vejur Flyover 
11. Force Field 
12. Games 
13. Spock Walk 
14. Inner Workings 
15. Vejur Speaks 
16. Meld 
17. Good Start 
18. End Title 
Duração (disco 1): 65:04
Cotação:


Comentário de
J
orge Saldanha

 

A partitura de Jerry Goldsmith para Jornada Nas Estrelas: O Filme, o primeiro longa baseado na série de TV de Gene Roddenberry, é uma obra-prima e, certamente, o melhor score de 1979 (apesar de ter perdido o Oscar para A Little Romance, de Georges Delerue). Escutando a esta magnífica partitura, que valeu ao seu compositor uma indicação ao prêmio da Academia, fica difícil de imaginar que ela é um clássico exemplo do "precisamos para ontem". A primeira jornada cinematográfica da USS Enterprise foi amaldiçoada por diversos percalços de produção, que fizeram com que Goldsmith chamasse os colegas Alexander Courage e Fred Steiner (que trabalharam na Série Original) para ajudá-lo a finalizar as gravações, o que ocorreu apenas três dias antes da estréia do filme!

Goldsmith tomou a difícil decisão de criar um novo tema que de forma alguma fosse confundido com o da popular série de TV, e hoje é difícil de se acreditar que ele teve dificuldades com o "Main Title", já que ele virou uma espécie de "hino" tanto para os filmes como para a série de TV da Nova Geração. E dada a natureza desesperadora da situação, houve um verdadeiro milagre: com o filme seguindo no rastro do fenômeno Guerra nas Estrelas, ao invés de produzir uma cópia da célebre música de John Williams para o clássico de George Lucas, Goldsmith compôs uma trilha realmente original, ao mesmo tempo forte e sutil, combinando orquestração, percussão, instrumentos eletrônicos e o uso discreto do familiar tema de Courage (ausente do CD). É indiscutível que nenhuma trilha Trek, desde então, apresentou tantas faixas e temas secundários de qualidade. O tema para Ilia é talvez o mais belo e injustamente subestimado de toda a série. Abrindo este CD expandido da Sony, de 1999, o tema possui sensibilidade e romantismo adaptados à orquestra de forma nunca mais igualada nos filmes posteriores. Ele é central para a trilha, com sua última performance em "Vejur Speaks", já quase ao final.

O "Main Title" ressurge em outros momentos do trabalho, normalmente associado à Enterprise. Sua melhor utilização é na memorável faixa "Enterprise", que acompanha a longa seqüência na qual o Almirante Kirk inspeciona a parte externa da nave estelar. É um dos momentos-chaves do filme, e a música de Goldsmith consegue transmitir toda a carga emocional de Kirk ao reencontrar sua nave, e de igual forma, a emoção que os fãs da Série Original sentem ao rever a bela Enterprise em toda a sua glória, adaptada para a tela grande. O CD de Jornada Nas Estrelas: O Filme
apresenta uma suíte nos créditos finais, na forma consagrada por John Williams em Guerra nas Estrelas, onde o tema principal e o de Ilia são reprisados, combinados de forma perfeita. O estilo sonoro único desta partitura muito se baseia na utilização de um grande e metálico instrumento chamado "Blaster Beam". Superficialmente ele parece um simples objeto ou instrumento metálico, porém ao ser batido emite uma vibração com freqüência muito baixa. Este instrumento, ouvido pela primeira vez  durante a seqüência dos klingons, serve como um aviso extremamente efetivo da presença da gigantesca nuvem alienígena... sem falar que o som aparentemente eletrônico é simplesmente genial. O "Beam" reapareceu em curtos trechos das trilhas de James Horner, e depois lamentavelmente foi esquecido.

Por outro lado, na seqüência klingon mencionada acima também surgiu a matriz para a música klingon que viria em outros filmes, inclusive tornando-se o tema de Worf em Primeiro Contato e Insurreição. A criatividade do compositor foi amplamente reconhecida, tendo o álbum original da trilha se tornado uma de suas gravações mais vendidas. A masterização digital da gravação, que já era ótima, a qualidade da música e os quase 20 minutos de material disponibilizado pela primeira vez, tornam esta reedição da Columbia Legacy uma experiência auditiva ímpar, à altura dessa contribuição musical épica que foi considerada, até pelos mais severos críticos de cinema, como um dos mais brilhantes atributos de Jornada Nas Estrelas: O Filme. Como extra temos, no disco 2, a versão em CD de um LP lançado originalmente em 1976, Inside Star Trek, que em seus 64 minutos de duração é composto essencialmente de depoimentos de Gene Roddenberry com a participação dos principais atores da Série Original e, em uma das faixas, do famoso escritor de ficção científica Isaac Asimov. De valor principalmente para os fãs da série, é um bônus que não ofusca a principal atração do álbum - a antológica e essencial música de Goldsmith.

CDs COMENTADOS