SUPERGIRL (EXPANDIDO)
Música composta e regida por Jerry Goldsmith


Selo:
Silva America
Catálogo:
SSD1025
Ano: 1993

23 Faixas

Duração:
77:50
Cotação:


Comentário de
Miguel Andrade

 

Para este filme de 1984, com a intenção de capitalizar no sucesso do primeiro filme de Superman (1978), os produtores procuraram os serviços de um dos grandes de Hollywood, ao contrário do que aconteceu nas duas primeiras continuações do filme do Homem de Aço (musicadas por Ken Thorne, usando material temático do primeiro filme - para o último filme da série, John Williams compôs dois novos temas, mas o trabalho de musicar o filme recaiu sobre o seu colaborador Alexander Courage). Mas infelizmente isso não bastou para elevar aquilo que é um filme medíocre, nem para motivar o compositor a escrever algo de realmente memorável. Este será, infelizmente, um dos trabalhos mais fracos de Jerry Goldsmith, já que para além do tema principal nada parece sobressair.

Este tema é tratado na abertura ("Overture" ), mas até ele surge como uma pálida sombra da altiva marcha de John Williams para Superman - talvez seja melhor pensar nesta abertura como uma peça de música afastada do filme, já que até é interessante; a comparação aqui torna-se altamente prejudicial para Goldsmith. Para além do tema principal, os temas variam entre o tipo de música que ouvimos em Star Trek: The Motion Picture, para os Klingons ou para V'ger. Passagens mais percussivas e violentas alternam-se com outras mais misteriosas. Por vezes as segundas parecem procurar a mesma atmosfera que Williams cria com a música para a Fortaleza da Solidão. As outras surgem sempre como grandes acontecimentos musicais, com clímaxes seguidos por clímaxes, e isto quase constantemente, o que cansa muito durante a audição, não a tornando realmente agradável ou interessante.

É conhecido, neste caso, que Goldsmith não se preocupa muito com a forma como a sua música é lançada em CD, e esta reedição expandida é um mau exemplo disso mesmo. Os responsáveis por este CD poderiam ter apostado num lançamento com menos música, mais bem selecionada - provavelmente seria, do ponto de vista puramente musical, melhor reeditar o álbum seguindo a seleção usada na edição anterior da Varèse Sarabande. Para os seguidores do compositor, isto não os demoverá de adquirir mais este trabalho, mas para os outros será mais vantajoso procurar uma gravação do tema principal em alguma compilação dedicada a Goldsmith.

CDs COMENTADOS