TERMINATOR 3: RISE OF THE MACHINES
Música composta por Marco Beltrami


Selo:
Varèse Sarabande
Catálogo:
302 066 481 2
Ano: 2003
Faixas:
1. A Day In the Life
2. Hooked On Multiphonics
3. Blonde Behind The Wheel
4. JC Theme
5. Starting T1
6. Hearse Rent A Car
7. Tx's Hot Tail
8. Graveyard Shootout
9. More Deep Thoughts
10. Dual Terminator
11. Kicked In The Can
12. Magnetic Personality
13. Termina-Tricks
14. Flying Lessons
15. What Do You Want On Your Tombstone?
16. Terminator Tangle
17. Radio
18. T3
19. The Terminator
20. Open To Me - Dillon Dixon
21. I Told You - Mia Julia

Duração: 51:
30
Cotação:


Comentário de
J
orge Saldanha

 

19 anos depois do papel que fez dele uma estrela em O Exterminador do Futuro, e 12 anos depois de ter dito "I´ll be Back" no filme que inaugurou a nova era de avançados efeitos visuais em CGI, O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, "Schwarza" voltou em O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas. De volta também estão os produtores Mario Kassar e Andrew G. Vajna, mas infelizmente o diretor/roteirista James Cameron e o compositor Brad Fiedel não os acompanharam. O tratamento que Fiedel deu à música do Exterminador foi essencialmente o de desenvolver tonalidades mecânicas, o que é extremamente lógico já que a história é comandada pelas ações da máquina cyborg. No memorável "Terminator Theme" o visitante quase indestrutível do futuro é representado por uma percussão eletrônica de 5 notas que soa como uma metralhadora disparando, e uma batida metálica estridente.

Para o terceiro título da franquia, o diretor Jonathan Mostow tentou dar rumos diferentes à música e contratou Marco Beltrami para o trabalho. Como explica nas notas do livreto, "eu procurei um estilo musical que fosse novo e original. Eu quis um compositor que não tivesse receio de compor música visceral e audaciosa. Eu escolhi rapidamente Marco Beltrami porque ele possui o talento e a visão para produzir uma partitura ambiciosa". Para criar o score de 85 minutos Beltrami utilizou 96 músicos, incluindo 13 percussionistas e um coral de 30 vozes. Fez um trabalho bem ajustado, criando uma partitura totalmente nova que combina o acompanhamento eletrônico tradicional da série com a grande orquestra. O score de T3 é música eminentemente de suspense e ação, se você tiver alguma dúvida escute "Blonde Behind The Wheel" ou "Kicked in the Can". Ele também inclui motivos fortes para o velho Exterminador (Arnold Schwarzenegger) e a nova "Terminatrix", a T-X (Kristanna Loken).

Mas a perícia de Beltrami também nos deu algumas notas bonitas e melódicas, em faixas como "JC Theme" - o tema de John Connor (Nick Stahl), que é o motivo principal da partitura - "More Deep Thoughts" e "Radio", todas apresentando um belo uso da seção das cordas. Mesmo obtendo o som original que Mostow queria, a música de Beltrami manteve algo da característica fria, metálica das trilhas de Brad Fiedel. É interessante observar que no seu tema do Exterminador ele usa quase que a mesma percussão ouvida no tema original - que, a propósito, foi incluído no álbum com um interessante arranjo orquestral  (ouvido nos créditos finais, antes das 2 canções dispensáveis). O talentoso compositor não é estranho aos filmes de ação e ficção científica, como comprova sua trilha sonora imediatamente anterior, Blade 2.

Apenas para refrescar sua memória, outros scores de Marco Beltrami para o gênero fantástico incluem Resident Evil, que compôs em parceria com Marilyn Manson,
The Dangerous Lives of Altair Boys, Mutação e, naturalmente, a trilogia Pânico. Entretanto, T3 é a sua primeira partitura para um filme de grande orçamento e, como sempre, mais uma prova da maestria musical de Beltrami no gênero. De volta às notas do livreto, Mostow afirma, "estou convencido que Marco Beltrami logo será reconhecido como um dos compositores mais importantes em nossa indústria". Aposto que o Sr. Mostow está muito certo. Se você quiser saber algo mais sobre Beltrami e seu trabalho, confira esta entrevista exclusiva para o nosso site.

CDs COMENTADOS