A SIMPLE TWIST OF FATE
Música composta e regida por Cliff Eidelman

Selo:
Varèse Sarabande
Catálogo:
VSD-5538
Ano: 1994
Cotação:


Comentário de
Miguel Andrade

 
A minha aquisição deste CD foi aquilo que se pode chamar de um simples acidente do destino, se me perdoarem a citação. Embora curto em duração e de um filme que eu nem sequer conheço, este álbum tem tudo que se pode querer. Acima de tudo mostra o grande talento de Eidelman, ao compor um trabalho intimista e de enorme lirismo. O tema principal é orquestrado para cordas, com flauta de bambu e trompas. Cheio de ternura, é o tipo de coisa que faz vir as lágrimas aos olhos. Eidelman, oferece-nos uma versão ainda mais intimista em "Michael's Theme", onde o compositor interpreta a peça no piano.

Um segundo tema, para cordas nos seus registros mais altos, com coral e soprano a acompanhar, pontuado pelas trompas e triângulo, serve de balanço. Este é mais espectral, fantasmagórico, com o uso das vozes, e geralmente, acaba sempre por se metamorfosear no tema principal, terminando a maioria das peças de forma mais otimista. Neste balanço entre um lado mais soturno, e outro, que embora tenha as suas sombras escuras, e muito mais positivo, Eidelman injeta dois arranjos de "Red is the Rose". O primeiro é agitado e alegre, com tons country, cortesia do uso do banjo. O segundo, com apenas 30 segundos, regressa ao território do resto da partitura.

Embora muito pouco aconteça no score, a invenção melódica de Eidelman é tão fresca e honesta que o CD suporta audições repetidas, e quando voltamos a ele, mesmo depois de algum tempo sem o ouvir, parece ser sempre como reencontrar um velho amigo. Uma pequena pérola!

CDs COMENTADOS