EDWARD, MÃOS DE TESOURA
Direção: Tim Burton
Elenco:
Johnny Deep, Winona Rider, Diane West, Alan Arkin, Anthony Michael Hall, Kathy Baker, Vincent Prince
Distribuidora: Fox
Duração: 104 min.

Região: 4

Lançamento: 2001

Nº de discos: 1
Cotações:
Filme:
DVD:

Comentários de
Jorge Saldanha

"Era uma vez um castelo no alto de uma colina, onde viveu um inventor, cuja maior invenção foi Edward. Apesar de possuir um charme irresistível, ele não era exatamente perfeito. A morte repentina de seu inventor deixou-o inacabado, com tesouras no lugar das mãos. Edward vivia sozinho nas sombras, até que um dia, uma gentil senhora vendedora da Avon o levou para viver em sua casa, com sua família. E assim começaram as fantásticas aventuras de Edward em um paraíso em tons pastel, conhecido com Suburbia." Este é o resumo que a Fox colocou na contra-capa do DVD, mas que é capaz de transmitir apenas um pequena idéia do que seja Edward Scissorhands - o filme mais pessoal do diretor Tim Burton (Os Fantasmas Se Divertem, Batman, A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça). Aqui, Burton consegue conjugar os temas que são característicos de sua filmografia: um protagonista diferente, com difícil aceitação pela sociedade (pelos "normais"); um clima de conto de fadas sombrio; a sátira à sociedade americana; elementos do imaginário infantil (o natal, a neve), etc.

Agregando-se a tudo isso, uma história que mescla dois clássicos, tanto do cinema como da literatura: Johnny Depp, o ator predileto do diretor, encarna Edward, que com tesouras no lugar de mãos e rosto pálido e coberto de cicatrizes, remete a Pinóquio e ao monstro de Frankenstein. Já o veterano Vincent Price, em sua última aparição nas telas (uma bela homenagem de Burton a um dos últimos ícones do terror clássico, então vivos), encarna um velhinho que, apesar de dar a vida a um ser inanimado (como Victor Frankenstein), possui a aparência bondosa de Gepeto. Ao ambiente melancólico e solitário do castelo, onde sempre vivera Edward, contrapõe-se a movimentação de um típico subúrbio americano, com um visual totalmente anos 60. Porém, após a euforia provocada pela chegada de Edward, o subúrbio mostrará um lado tão ou mais sombrio que o do castelo, onde a intolerância e a inveja são as forças dominantes. Como em todo conto de fadas, há uma bela história de amor, entre Edward e a garota vivida por Winona Rider, mas como estamos em um filme de Tim Burton, este amor é impossível, e o clássico final "e viveram felizes para sempre" não acontece.

Edward Mãos de Tesoura contém momentos de comédia e um final comovente, no qual mesmo os mais durões ficarão de olhos umedecidos. Já a emocionante partitura de Danny Elfman dá a forma definitiva ao filme, e revela-se o melhor trabalho, até agora, do compositor. Elfman, aliás, comenta a trilha sonora em canal isolado, um dos recursos do DVD de maior interesse para os scoretrackers (infelizmente, os comentários, como os demais extras, não foram legendados). O filme é apresentado em sua versão original widescreen, e o DVD conta com belos menus animados, que oferecem seleção de cenas, trailers, os comentários de Tim Burton e Danny Elfman, Galeria de Fotos, spots de TV e entrevistas. No menu das apresentações especiais, a Fox cometeu alguns enganos: onde consta "Curtas", na realidade há um making of  da época do lançamento do filme; e em "Músicas", estão as pequenas entrevistas com o diretor, o elenco, a roteirista e o compositor.

DVDs COMENTADOS