OS CAÇA-FANTASMAS (EDIÇÃO DE COLECIONADOR)
Direção: Ivan Reitman
Elenco:
Bill Murray, Dan Aykroyd, Harold Ramis, Rick Moranis, Sigourner Weaver, Ernie Hudson
Distribuidora: Columbia

Região: 4

Ano: 1999

Nº de discos: 1

Filme:
DVD:

Comentários de
Ricardo Augusto de Souza da Silva

o filme
Depois de serem expulsos da universidade, os cientistas que trabalhavam com assuntos relacionados ao além, Egon Spengler, Peter Venkman e Raymond Stantz (e mais Winston Zeddmore, que se junta a eles mais tarde) decidem abrir um negócio próprio, negócio esse que dá nome ao filme - ou seja, caçar fantasmas. O começo é difícil, a primeira cliente, Dana (Sigourney Weaver), vai procurá-los porque viu um ser estranho em sua geladeira. Peter (Bill Murray) é o que vai primeiramente investigar o caso, mas chegando ao apartamento o que menos lhe interessa é procurar manifestações sobrenaturais. O ser que habitava aquele apartamento, Zuul, usa o corpo de Dana para poder agir no nosso mundo a fim de, obviamente, nos dominar. Paralelamente a isso, o inspetor de proteção ambiental Walter Peck quer averiguar o possível impacto ambiental da atividade dos Caça-Fantasmas. Num primeiro momento ele não tem acesso ao prédio graças à não-colaboração de Venkman, mas dias depois, acompanhado de força policial, vai verificar o receptáculo no qual eles aprisionam os fantasmas, e o desliga. Livres, os ectoplasmas atormentam Nova Iorque. Sob a influência de Zuul, Dana e seu vizinho Louis (Rick Moranis) se transformam em algo parecido com um cão do inferno sem pelos. A imagem memorável do filme é o de Stay Puft (o boneco gigante de marshmellow) andando à solta na cidade. Mesmo que filmado de "cima" e dando para  perceber que os carros nas ruas são miniaturas, o efeito ainda é bastante realista. É o momento mais emocionante, talvez pelo aspecto bonachão do bonecão em contraste com sua intenção que, obviamente, é destruir os heróis. O desfecho se dá quando os Caça-Fantasmas combatem o próprio Zuul em forma feminina, mas não mais usando o corpo de Dana. O resultado é previsível, os bons moços sempre acabam com o mal.

Tecnicamente o filme envelheceu, é claro que não o podemos criticá-lo segundo certos padrões de hoje, mas nos efeitos especiais em alguns momentos o close denuncia, por exemplo, que o Geléia é de látex, e seus braços não tem sincronia em relação ao corpo. Em outro momento, já no final, quando eles juntam os raios das armas de prótons para destruir Zuul, de longe o raio tem aspecto de como seria de fato, mas quando a câmera fecha nele o raio parece ter saído de um desenho animado, pelo fato da cor ser sólida e não translúcida como deveria parecer. Quando escuras nuvens estão sobre o prédio de Dana, raios envolvem o edifício, e nesse momento dois raios mais intensos parecem estar soldando o meio do prédio, já que a sobreposição das camadas para criar o efeito não foi bem produzida - o efeito não se integrou ao cenário como deveria, talvez por causa do  orçamento ter estourado ou não ter havido prazo para concluí-lo.

O DVD
À época de seu lançamento, no final de 1999, o DVD de Os Caça-Fantasmas foi dos mais refinados tecnicamente e completos em termos de extras. É um título que hoje não é fácil de se encontrar por aqui, já que foi replicado nos EUA e a Columbia não providenciou mais cópias produzidas no Brasil, talvez porque as vendas não tenham sido as esperadas. Porém, nas lojas virtuais brasileiras ainda é possível se encontrar o segundo filme, lançado à mesma época. O filme é apresentado em widescreen anamórfico, com boa qualidade de imagem. O áudio em inglês é Dolby Digital 5.1, estando disponíveis dublagens em português e espanhol em Dolby 2.0. Temos legendas em inglês, português, espanhol e mandarim. O menu em inglês e 3D é um pouco confuso, porque não se percebe claramente o que foi selecionado.

OS EXTRAS
Há vários extras, mas como era comum nos DVDs nacionais da época, nenhum deles possui legendas - não apenas em português, mas em qualquer idioma:

- Trailer original, 3 trailers originais dos filmes Recrutas da Pesada (Stripes), Os Caça-Fantasmas 2 (Ghostbusters 2) e Feitiço do Tempo (Groundhog Day);

- Antes e Depois, que se utiliza da função angle para alternar entre a filmagem sem efeitos e a cena concluída;

- Comentário em áudio de Ivan reitman e Harold Ramis, numa das opções de legenda eles aparecem em perfil, ou seja, aparece só a sombra preta com movimento como se tivessem sido filmados assistindo o filme no cinema;

- Featurette original e Bastidores dos efeitos especiais para os fantasmas;

- Desenhos de concepção de fantasmas, Stay Puft e o logo dos Ghostbusters, que seria bem diferente do que é. O inconveniente destes extras é que o material está em perspectiva, portanto detalhes não são tão bem percebidos como se estivessem da maneira convencional;

- Storyboards e as cenas correspondentes sendo exibidos na mesma tela;

- Cenas excluídas que se acessam pela opção Scene Cemetery, em que se verifica também o péssimo estado em que se encontravam os negativos destas cenas;

- Trick & Trivia, função que, acionada, faz com que no decorrer do filme legendas em inglês informem fatos e dados.

CONCLUSÃO
Mesmo com o passar dos anos, Os Caça-Fantasmas continua sendo uma das mais bem sucedidas misturas de comédia e sobrenatural, contando com um elenco afinado, o talento de Bill Murray e um hit interpretado por Ray Parker Jr. - alguém se lembra dele? É bem superior à sua continuação, e este DVD é obrigatório para os fãs do gênero.

DVDs COMENTADOS