INDEPENDENCE DAY (EDIÇÃO ESPECIAL)
Direção: Roland Emmerich
Elenco:
Will Smith, Bill Pullman, Jeff Goldblum, Mary McDonnell, Judd Hirsch, Robert Loggia
Distribuidora: Fox
Duração: 142 / 153 min.

Região: 4

Lançamento: 2001

Nº de discos: 2
Cotações:
Filme:
DVD:

Comentários de
Jorge Saldanha

No dia 2 de julho, uma gigantesca nave alienígena é detectada aproximando-se da Terra. No dia seguinte, ela lança naves com 20km de extensão que destroem as principais cidades dos Estados Unidos e do mundo. O Presidente dos Estados Unidos (Bill Pullman), em pleno dia da independência americana, lidera a reação contra os invasores, na qual se destacam um técnico em computação (Jeff Goldblum) e um piloto de caça (Will Smith). Bem, se você conseguir superar o ufanismo, o americanismo, o simplismo do final e outros “ismos”, irá apreciar Independence Day, o grande campeão de bilheteria de 1996 que consagrou Will Smith. ID4 foi mais um fruto da parceria Roland Emmerich (diretor/roteirista) e Dean Devlin (roteirista/produtor), que já haviam produzido os sucessos Soldado Universal e Stargate, e posteriormente levariam à tela a versão hollywoodiana de Godzilla. Graças aos recursos liberados pela Fox para a realização de Independence Day, eles puderam levar à tela não um, mas vários filmes em um só.

Genericamente, pode-se dizer que a espinha dorsal de ID4 é o clássico A Guerra dos Mundos, com seqüências estilo Guerra nas Estrelas. Mas a coisa não pára por aí, já que temos elementos dos filmes catástrofe dos anos 70, antigos filmes de guerra, Top Gun e vários sucessos - antigos e recentes - da ficção científica, como O Dia em que a Terra Parou e até mesmo Arquivo X. A dupla Emmerich/Devlin soube combinar todos os elementos preexistentes e fazer uma verdadeira homenagem ao cinema de aventura e à ficção científica. Os dois escreveram o roteiro, no qual não havia apenas um herói, mas como nos filmes catástrofe que o inspiraram, vários personagens cujas histórias paralelas encontravam-se na conclusão. Na tela, e agora em DVD, Independence Day parece ter custado no mínimo o dobro dos 60 milhões de dólares que foram gastos. Em dois aspectos a produção foi econômica, sem que com isso houvesse qualquer perda de qualidade: no elenco, não foram contratados astros de primeira grandeza, mas atores competentes como Bill Pullman (Spaceballs), Jeff Goldblum (A Mosca, Jurassic Park) e Brent Spiner (Jornada nas Estrelas, A Nova Geração); nos efeitos especiais, foram deixados de lado os caríssimos computadores da todo-poderosa Industrial Light and Magic de George Lucas. Especialmente para o filme, foi criada uma central de Computação Gráfica encarregada de combinar as cenas reais com as tomadas de efeitos especiais (mais de 500), bem como para gerar as espetaculares seqüências de combate aéreo. Também foram usados modelos de naves e jatos em algumas tomadas, e para as famosas cenas de destruição das cidades foram construídas detalhadas maquetes em escala.

É o caso da detalhada réplica da Casa Branca, com 1,5 metro de altura e 3,5 metro de largura, que custou 40 mil dólares e foi explodida na cena mais conhecida do filme. O toque final é dado pela trilha sonora de David Arnold, que nos oferece momentos de melodia, tensão e impacto. Independence Day pode não ser um clássico da FC, mas recebeu da Fox uma ótima edição em DVD. A edição Região 4 é idêntica à americana: o primeiro disco contém a versão original do filme com 142 minutos, e uma edição especial, com 153 minutos;
o formato da tela é widescreen 2.35:1 anamórfico, com copiagem digital de excelente qualidade. No áudio, podemos selecionar comentários de Roland Emmerich e Dean Devlin, além dos técnicos em efeitos especiais Volker Engel e Doug Smith. Os idioma é Inglês (Dolby Digital 5.1), com legendas em português, inglês e espanhol. No segundo disco, entre os vários extras destacam-se um documentário sobre os efeitos especiais (Criando Realidade), o especial Invasão ID4, spots de TV, final original e trailers de cinema.

DVDs COMENTADOS