O SENHOR DOS ANÉIS: AS DUAS TORRES
Direção: Peter Jackson
Elenco:
Elijah Wood, Ian McKellen, Viggo Mortensen, Sean Astin, John Rhys-Davies, Andy Serkis, Miranda Otto, Bernard Hill, Liv Tyler, Cate Blanchett

Distribuidora: Warner
Região: 4

Ano: 2003

Nº de discos: 2
Cotações:
Filme:
DVD:

Comentários de
Diego Sapia Maia

O FILME
Como já sabemos, O Senhor dos Anéis: As Duas Torres carrega uma grande responsabilidade na Trilogia do Anel. Além de dar continuidade à trama de A Sociedade do Anel, o filme precisa deixar algumas pontas soltas para que o capítulo de encerramento, O Retorno do Rei, feche a trilogia num clímax coeso. Tudo isso sem soar oco, desinteressante ou anti-climático. Um trabalho difícil? Certamente.
O diretor Peter Jackson já previa essa dificuldade, e tomou as providências necessárias para que seu filme não se tornasse um enorme e entediante "capítulo do meio". Muitas das mudanças que Jackson fez na história original de J. R. R. Tolkien foram duramente criticadas por fãs mundo afora mas, revendo As Duas Torres, em DVD, a única conclusão possível é: valeu a pena. Não importa se os elfos não deveriam participar da batalha do Abismo de Helm, não importa se Faramir foi "vilanizado" pelo diretor: o filme de Jackson é brilhante, poderoso, divertido, emocionante. Um coquetel de sensações e emoções raro por sua grandiosidade e pela paixão que toda a equipe técnica e o elenco nutrem pela história do pequeno hobbit que precisa atravessar um continente para salvar o mundo. Ver As Duas Torres num cinema bem equipado foi uma experiência única, que só um épico de tamanha grandeza e complexidade poderia proporcionar. E acompanhá-lo em DVD continua sendo uma experiência bastante singular, já que esta edição de As Duas Torres, assim como a de seu antecessor, prima pela qualidade de áudio, video e extras (com a vantagem de não sermos importunados a todo instante por aquele fã mais exaltado...).

O DVD
O filme é apresentado em widescreen anamórfico, com proporção 2:35:1. A imagem é bastante cristalina, e realça e belíssima fotografia de Andrew Lesnie. Por isso, assistí-lo em uma TV com menos de 29 polegadas deve ser um incômodo. "Muito filme para pouca tela", talvez.  Os menus animados e muito bonitos seguem o padrão estabelecido nos discos de A Sociedade do Anel. O áudio original em inglês foi codificado em Dolby Digital 5.1 EX, que garante total envolvimento e utiliza muito bem as caixas surround, principalmente na batalha do Abismo de Helm (em que flechas passam zunindo de uma caixa à outra). Os graves também se destacam. Um simples bater de asas de uma das criaturas do filme fazem os vidros tremerem. A destruição de Isengard pelos ents, por sua vez, é o momento que mais exige do subwoofer. O peso de cada pedra atirada pelas enormes árvores falantes é sentido. Também estão disponíveis pistas de áudio em Português e Espanhol, ambas Dolby Digital 2.0, e legendas em português, inglês e espanhol.

OS EXTRAS
Os extras do filme são tão bons quanto os do DVD de A Sociedade do Anel. Mas infelizmente (e novamente) não há cenas excluídas ou documentários mais detalhados sobre os efeitos especiais, pois esses extras fazem parte da edição especial do filme, prevista para ser lançada em novembro nos EUA. O Brasil, inexplicavelmente (e novamente), foi esquecido pela New Line e pela Warner.  Mas há alguns bons extras, que de certa forma trazem algumas informações interessantes e curiosidades a respeito da produção do filme:

- No Set de Senhor dos Anéis - As Duas Torres (especial da Starz Encore):
documentário de 14 minutos com informações básicas, trechos de entrevistas com o elenco e uma ou outra curiosidade que foi retirada dos featurettes produzidos pelo site lordoftherings.net. Não faria muita falta se não existisse.

- O Retorno à Terra-média (especial da WB): um dos extras mais interessantes (e o mais longo, com 42 minutos), que mostra o convívio dos atores na Nova Zelândia, seus raros momentos de lazer (bungee-jumping, por exemplo) e o dia-a-dia das gravações. Comprova toda a dedicação que elenco e equipe demonstraram pelos filmes.

- The Long and Short of It (curta metragem dirigido por Sean Astin): o mais inusitado dos extras, um curta-metragem dirigido pelo intérprete de Sam Gamgi, filmado num dia de folga do elenco e da equipe. Peter Jackson faz uma ponta como motorista de ônibus. É um bom curta, bastante simpático, ainda que nada original. Tem aproximadamente 6 minutos de duração.

- O Making of de The Long and Short of It: mostra os bastidores da produção do curta metragem de Sean Astin. Os atores da Trilogia do Anel assumem papéis atrás das câmeras. Elijah Wood, por exemplo, é um dos assistentes de direção, assim como Andy Serkis. Bastante divertido.

Destaques de lordoftherings.net (todos com duração aproximada de 4 minutos):

- Forças das trevas: featurette sobre os vilões da saga, com entrevistas com os atores.
- Criando os sons da Terra-Média: interessante mini-documentário sobre o processo de captação de sons para o filme. A maior parte do trabalho ocorria à noite num cemitério de Wellington, a barulhenta capital da Nova Zelândia, para garantir o silêncio necessário ao trabalho.
- Edoras: a capital de Rohan: sobre o imponente cenário de Edoras, o vilarejo localizado no alto de uma colina. O set, cuja construção levou 8 meses, é lembrado com bastante carinho pelos atores e pela equipe. 
- Criaturas da Terra-Média: mostra o processo de criação dos monstros da série.
- Gandalf, o Branco: Ian McKellen fala sobre seu personagem na trilogia.
- Armas e Armaduras: sobre o minuncioso processo de criação das armas dos povos da Terra-Média. O nível de detalhismo exigido da produção é tão grande que todos os intrumentos foram criados com técnicas medievais, utilizadas há cerca de 500 anos. Bastante interessante.
- A Batalha do Abismo de Helm: mostra os bastidores da seqüência mais complexa e comentada de As Duas Torres. O elenco principal e o secundário comeram o pão que o diabo amassou nas gravações desta cena.
- Dando vida a Gollum: somos apresentados ao demorado processo de captação de movimentos e animação que deu vida à criatura mais traiçoeira da Terra-média.

- Trailers para cinema: um teaser e o trailer oficial (que utiliza a música do filme Réquiem para um Sonho), ambos em Dolby Digital 5.1.

- Spots para TV: 16 comerciais transmitidos na TV americana, muitos destacando os elogios da crítica e as indicações ao Globo de Ouro.

- Vídeo Musical de The Gollum's Song, de Emiliana Torrini.

- Prévia do videogame O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei: traz trechos de entrevistas com os atores (que também dublaram os personagens do game), misturados à cenas do jogo e do filme. Em Dolby 5.1.

- Prévia dos Bastidores de O Retorno do Rei: entre outras coisas, ficamos sabendo que a batalha do Abismo do Helm não foi nada se comparada às grandiosas batalhas prometidas para este filme. Há trechos das cenas de Frodo na toca de Laracna, e muitas outras imagens exclusivas, apresentadas por Peter Jackson. 12 minutos de duração, com áudio em Dolby 5.1.

- Prévia da Edição Especial em DVD: um extra cuja presença não se justifica, já que não há sequer previsão de lançamento dessa edição especial no Brasil. Ainda assim, traz alguns trechos de imagens que foram cortadas e entrevistas com o diretor, produtores e atores (todos comentando a importância dessas cenas deletadas). Também em Dolby 5.1

Em termos gerais, este DVD está à altura do outro DVD da trilogia lançado por aqui. A diferença mais significativa é a embalagem, agora um estojo padrão de DVD duplo (de cor marrom) envolvido por uma luva protetora. Os discos certamente valem a compra, principalmente por causa da excelente qualidade de áudio e video e de alguns extras bastante interessantes.

DVDs COMENTADOS