MATRIX REVOLUTIONS
Direção: Irmãos Wachowski
Elenco: Keanu Reeves, Laurence Fishburne, Carrie-Anne Moss, Hugo Weaving, Jada Pinkett-Smith, Mary Alice, Monica Bellucci

Distribuidora: Warner
Região: 4

Ano: 2004
Nº de discos: 2

Cotações:
Filme:
DVD:

Comentários de
Jorge Saldanha

O Filme
Bom, como prega o mote do filme, "Tudo que tem um início, tem um Fim", e com Matrix Revolutions a trilogia dos esquivos irmãos Wachowski chega à sua conclusão, para muitos melancólica face ao que a obra poderia ser... e acabou sendo. Mas para mim, por maior que fossem os méritos do filme original de 1999 (que no fundo não passava de uma originalíssima mistura de filosofia de almanaque, cyber-punk, religião, literatura, quadrinhos, animês, filmes de kung fu e efeitos especiais de ponta), o maior problema ainda foi o longo tempo transcorrido até a chegada das continuações às telas. A seqüência anterior, Reloaded, deveria ter estreado praticamente um ano antes, em 2002, porém a produção teve de ser interrompida pela morte da cantora Aaliyah, que faleceu durante as filmagens e foi substituída por Nona M. Gaye. Para complicar ainda mais, quem também morreu foi a veterana atriz Gloria Foster, que interpretava o Oráculo, entrando em seu lugar Mary Alice. Então, nesse longo lapso de tempo, os fãs elevaram a alturas espantosas a filosofia e os conceitos introduzidos no filme original, e nutriram expectativas exageradas com relação aos novos filmes. Para piorar, as inovações visuais introduzidas em 1999 tornaram-se lugar comum, copiadas - e até melhoradas - em outros filmes. Quando Reloaded chegou em maio de 2003, após ser precedido por um enorme hype da mídia, os fãs ficaram um tanto confusos e frustrados, porque deixava muitas perguntas no ar e não os deslumbrou como antes. No entanto, se esqueceram de que 4 longos anos haviam passado, e tanto os filmes de Hollywood como eles próprios assimilaram a essência de Matrix e foram em frente. Por outro lado, o novo filme não teve muito êxito em angariar novos fãs, por ser um tanto complicado para quem não acompanhara a primeira aventura de Neo. Finalmente, quando Revolutions chegou em novembro de 2003, em plena euforia pelo iminente lançamento da última parte de O Senhor dos Anéis, teve uma recepção ainda mais fria. Mesmo sendo melhor que Reloaded, a propaganda boca-a-boca negativa e as comparações descabidas com O Retorno do Rei fizeram com que o filme tivesse um desempenho nas bilheterias bem abaixo do esperado. Tudo isso é fácil de entender, já que com Revolutions, o pessoal que viu grandes significados na filosofia de almanaque dos irmãos Wachowski quebrou a cara de vez. Porque debaixo da sua aparente profundidade, Matrix trata basicamente do velho combate entre o Bem e o Mal, Homem x Máquina, que já vimos tantas vezes no cinema. E sob este ponto de vista, Matrix Revolutions torna-se uma ótima aventura de ficção científica após uns 40 minutos de conversa. O ataque das máquinas a Zion é antológico, e só o confronto final de Neo (Keanu Reeves) e o Agente Smith (Hugo Weaving) vale por todo o resto do filme. Ah, e a trilha do Don Davis é muito boa. De resto, para quem quiser ler meu comentário mais extenso sobre o filme, é só clicar AQUI.

Os DVDs
Como já fizera com Matrix Reloaded, a Warner disponibilizou Revolutions tanto no formato widescreen na proporção 2:35, como em fullscreen, em duas versões separadas. O áudio em inglês, em Dolby Digital 5.1, é de ótima qualidade, sendo agradavelmente sutil e ambiente nas seqüências de diálogos, e retumbante nos momentos de ação. Na seqüência do ataque a Zion, o subwoofer fazia parecer que minha sala estava no meio de um terremoto, enquanto o som de tiros e de sentinelas voadoras me cercavam por todos os lados. Fuja da abominável dublagem em português, que ainda por cima é em Dolby 2.0. Sem surpresas, a qualidade da imagem na versão widescreen (utilizada para este comentário) é de alta qualidade. O ótimo contraste proporciona grandes níveis de detalhe, sem que sejam destacados ruídos ou objetos de compressão. Como nos demais filmes, aqui não há grande variedade de cores, mas quando elas surgem, são vibrantes e estáveis. Há legendas em português, espanhol e inglês, e ambos os discos apresentam vibrantes menus animados reproduzindo cenas do filme, com a trilha de Don Davis ao fundo.
 
Os Extras
Comparando com o DVD de Reloaded, houve uma melhora significativa tanto na quantidade como na qualidade dos extras, que já iniciam no disco 1 com teasers dos dois primeiros filmes, do DVD Animatrix, o trailer de Revolutions e, inserindo o disco no drive de DVD-Rom do computador, uma tela que apresenta links dos sites oficiais. Mas o principal está concentrado no disco 2:
Revolutions Recalibrado - Making Of de meia hora que nos leva aos bastidores das longas e complicadas filmagens de Reloaded/Revolutions, e só ele é melhor e mais informativo que todos os featurettes de Reloaded, que pareciam ser, em sua maior parte, peças promocionais disfarçadas de documentários;
Revolução em CG - Featurette que mostra a tecnologia de ponta aplicada nos efeitos visuais das duas continuações, em especial na combinação de técnicas variadas - computação gráfica, fotografia em tela verde, miniaturas, pinturas de fundo, etc.;
Super Luta - O confronto final de Neo com Smith pode ser assistido em três ângulos diferentes: na sua versão final, em storyboards / animatics e vídeo de bastidores. As três opções são vistas simultaneamente na tela, você escolhe a tomada que será exibida acima das outras duas;
Operador - Quatro featurettes (Neo Realismo, Super Mini Modelos Gigantes, Agente Smith Duplo e O Domínio da Mente sobre a Matéria) que tratam da captura de movimentos, efeitos com miniaturas, técnicas utilizadas para criar o exército de Smiths e as cenas de luta com cabos; 
Future Gamer: Matrix On line - Prévia do jogo multiplayer que, pelo mostrado, será efetivamente uma espécie de Matrix - os jogadores, através de seus personagens, poderão ter uma vida social lá dentro - obviamente quando não estiverem lutando pela sobrevivência;
Evolução em 3D - Comparação entre arte conceitual, storyboards e as cenas finais, tudo arranjado no formato de uma grande galeria que você acessa a partir de uma interface um tanto complicada.
Antes da Revolução: A Linha do Tempo de Matrix
- Através de cenas e fotos dos três filmes e de Animatrix, temos uma visão geral da mitologia criada pelos irmãos Wachowski;
Weblinks: Inserindo o disco no drive de DVD-Rom do seu computador, você poderá acessar os sites oficiais na Internet. É a mesma tela do disco 1.

Conclusão
Um DVD tecnicamente impecável para um filme que, juntamente com o que lhe precedeu (na verdade, Reloaded e Revolutions são um único filme com mais de quatro horas de duração), talvez seja reavaliado e valorizado com o passar dos anos.

DVDs COMENTADOS