O GRANDE TRUQUE
Direção: Christopher Nolan
Elenco:
Hugh Jackman, Christian Bale, Michael Caine, Piper Perabo, Rebecca Hall, Scarlett Johansson, Samantha Mahurin, David Bowie, Andy Serkis
Distribuidora: Warner
Duração: 128 min.

Região: 4

Lançamento: 19/04/2007

Nº de discos: 1
Cotações:
Filme
DVD

Comentários de
Jorge Saldanha

SINOPSE
Londres, na virada do século. Numa época em que mágicos são celebridades de alto nível, dois jovens procuram o caminho da fama. O sofisticado e exibido Robert Angier (Hugh Jackman) é um homem de palco, enquanto o purista e rústico Alfred Borden (Christian Bale) é um gênio criativo que não sabe exibir suas idéias mágicas. No início são parceiros que se admiram, mas quando um truque dá errado, tornam-se inimigos mortais, numa rivalidade que parece não ter limites. A fim de criar o Grande Truque, ambos procuram na América o cientista Nikola Tesla (David Bowie), que está desvendando os novos e fantásticos poderes da eletricidade.

COMENTÁRIOS
O Grande Truque, um dos melhores filmes de 2006, passou nos cinemas sem grandes alardes ou campanhas publicitárias, contando com um ótimo elenco e dirigido por um sujeito que, até agora, conseguiu a façanha de realizar apenas ótimos filmes - Christopher Nolan, diretor de Amnésia, Insônia e Batman Begins (também é dele a aguardadíssima seqüência Batman: O Cavaleiro das Trevas). O filme foi baseado num romance de Christopher Priest e roteirizado pelo próprio Nolan e seu irmão, Jonathan. Além de Hugh Jackman em grande desempenho e da atriz/gracinha em evidência Scarlett Johansson, Nolan trouxe parte do elenco dos seus filmes de Batman (Christian Bale e o sempre ótimo Michael Caine), e ninguém menos que o pop star David Bowie numa participação discreta mas essencial como Tesla.

Tudo inicia com o personagem de Bale sendo condenado à morte pelo assassinato de seu rival, e a partir daí a trama se desenrola em flashbacks, com ênfase na obsessão de Angier em descobrir o segredo por trás do maior truque de Borden - "O Homem Transportado". E para não tirar a graça mais não dá para falar, exceto que o filme utiliza elementos de suspense, ficção científica e da própria mágica. Ele se passa numa época em que a eletricidade e o próprio cinema, então novidades científicas, para muitos se assemelhavam a mágicas. Nolan, como os mágicos, atrai a atenção do espectador para elementos secundários, para que ele não desvende os segredos dos truques (no caso, da trama) que, muitas vezes, estão à sua frente.

Neste sentido, pode-se mesmo dizer que um bom diretor como Nolan também é um mágico, com sua capacidade de iludir (no bom sentido) o público com seu filme. Seu filme trata essencialmente disso, do poder da ilusão - e também das fraquezas humanas e dos sacrifícios que faz um artista para deslumbrar seus espectadores. A fala final de Jackman é reveladora, expondo os extremos a que chega um prestidigitador totalmente comprometido com sua arte, a fim de deslumbrar a platéia com suas criações. Enfim, O Grande Truque é a prova cabal de que Christopher Nolan é um mágico incapaz de fazer um filme ruim. Então, se você ainda não o assistiu, recomendo fortemente que o faça em DVD. A magia do cinema, literalmente, estará na tela à sua frente.


DVD
Eu gostei tanto de O Grande Truque que acho que a Warner deveria ter caprichado bem mais no DVD. Não que ele seja ruim, mas o filme merecia pelo menos um DVD duplo com maior quantidade de extras. E a exemplo de outros títulos, nem dá para reclamar que a distribuidora mutilou o lançamento, já que nosso DVD é praticamente idêntico ao disponível no exterior. De qualquer forma, mesmo considerado pela Warner um lançamento “menor”, o filme recebeu uma transferência digital primorosa, com formato de vídeo widescreen anamórfico na proporção original 2.35:1. A imagem é sempre clara e nítida, as cores - onde predominam tons beges e marrons - são excelentes, nunca saturadas, com tons de pele bem naturais. Os pretos são intensos, e mesmo assim sempre dão espaço para um alto nível de detalhes. Este é um lançamento que já está disponível em Blu-ray lá fora, e se a imagem em DVD já é ótima, só imagino como será o filme em alta definição. Tanto em inglês como em português e espanhol, o áudio é Dolby Digital 5.1. No idioma original o som possui um perfeito balanceamento, com momentos em que os canais surround estão bem ativos. Em outros, mais calmos, temos uma ambientação sutil, efetiva. Os diálogos e a trilha incidental são sempre claros, com ótima fidelidade. Menus (o principal é animado e sonoro) e legendas estão disponíveis nas mesmas opções de idiomas que o áudio.

EXTRAS
Este é um filme que, sem dúvida, mereceria um disco só para os extras. Mas isto não aconteceu, e mesmo o Blu-ray apenas repete os extras deste DVD. Assim, vejamos o material suplementar que está disponível (além dos trailers de outros lançamentos da distribuidora, carregados automaticamente antes dos menus):

  • As Anotações do Diretor: A Artimanha no Cinema de Christopher Nolan (19:39min.) – Em widescreen anamórfico 1.78:1, áudio em inglês 2.0 e legendas em português, espanhol e inglês, este é um making of dividido em cinco curtos capítulos: “Conjurando o Passado”, “O Labirinto Visual”, “Metáforas de Decepção”, “Tesla: o Homem que Inventou o Século XX” e “Ressonâncias”. Neles temos depoimentos do diretor e co-roteirista Christopher Nolan, do autor Christopher Priest, dos atores Hugh Jackman, Christian Bale, Scarlett Johansson, Rebecca Hall, Michael Caine e Piper Perabo, do desenhista de produção Nathan Crowley, do co-roteirista Jonathan Nolan, do diretor de fotografia Wally Pfister e da desenhista de figurinos Joan Bergin. É um featurette que, apesar de curto, consegue cobrir de forma satisfatória vários aspectos da produção;

  • A Arte de O Grande Truque – São cinco galerias de imagens: “Filme”, “Figurinos e Cenários”, “Bastidores” e “A Arte do Pôster”;

  • Trailer de Cinema - Em formato letterbox e com áudio em inglês 2.0, sem legendas.

E, por enquanto é só. Nada de cenas excluídas, um making of longo ou comentários em áudio do diretor. O jeito é esperar a chegada de uma eventual edição especial mais “recheada”.

MENUS

DVDs COMENTADOS