OS SIMPSONS - SEGUNDA TEMPORADA
Direção: Vários
Distribuidora: Fox
Região: 4
Lançamento: 2002

Nº de discos: 4
Cotações:
Filme:
DVD:

Comentários de
Jorge Saldanha

Seguindo-se ao box de três discos com a primeira temporada, lançado aqui em 2001, agora temos quatro discos contendo os 22 episódios do 2º ano da série animada Os Simpsons, confira:

Disco 1
A Prova Final / Simpson e Dalila / No Dia das Bruxas / O Peixe de Três Olhos / Homer Dançarino / O Momento da Verdade 
Disco 2
Bart Contra a Ação de Graças / Bart, O Destemido / Comichão, Coçadinha e Marge / Bart é Atropelado / Todo Mundo Morre um Dia / Nós Somos Jovens, Jovens 
Disco 3
Homer Contra Lisa e o 8º Mandamento / O Amor é Belo / Irmão, Onde Estas? / O Cachorro Reprovado / Dinheiro de Velho / Capricha no Retrato
Disco 4
O Professor Substituto / Guerra Conjugal / Três Homens e um Gibi / Divida de Sangue

Foi a partir dessa temporada que a família criada pelo cartunista Matt Groening definitivamente conquistou o público norte-americano e, por tabela, do mundo. Além dos episódios, que podem ser assistidos em seu idioma original (Dolby 5.1) ou com a dublagem brasileira, os discos oferecem muitos extras, como comentários de Groening, entrevistas com Groening e o produtor James L. Brooks, vídeos musicais com Bart Simpson ("Do The Bartman", "Deep, Deep Trouble"), Bart no American Music Awards (com comentário opcional), comerciais Butterfinger de TV, David Silverman na criação de um episódio, etc. Mesmo que muitos digam que a série atualmente caiu de qualidade, doze anos após seu lançamento Os Simpsons ainda é um sucesso e gera polêmicas, como o processo que a Secretaria de Turismo do Rio queria mover contra a Fox por causa do episódio inédito “Blame it on Lisa”, que prejudicaria o turismo... O fato é que, desde o seu início, a sátira e o humor ácido foram a tônica da criação do cartunista Matt Groening (o mesmo responsável pelo genial Futurama, que também deve sair em breve em DVD).

Muitas das aventuras dos Simpsons foram implacáveis com a sociedade e a cultura norte-americana, inclusive de outros países, e o episódio passado no Rio não poderia ser diferente: além da pobreza e violência em que hoje está afundada aquela que já foi a “Cidade Maravilhosa”, o episódio goza com os estereótipos do Brasil no exterior (muitas vezes alimentados pelas próprias autoridades que andaram reclamando) e com a ignorância dos americanos sobre nosso país. Por exemplo, apesar de Marge avisar que aqui não se fala espanhol, mas português, os nomes de personagens e locais são quase todos em espanhol! E, convenhamos, o Brasil é um país exótico demais até mesmo para nós, brasileiros, imagine querer que os americanos entendam ele direito! Agora, recomendo para as autoridades cariocas que assistam àquele episódio da primeira temporada no qual Bart vai para a França e é raptado por dois traficantes franceses, ou ainda aquele mais recente em que a atrapalhada família viaja ao Japão. Parece que franceses e japoneses entenderam as piadas e levaram na esportiva...

DVDs COMENTADOS