X-MEN: O CONFRONTO FINAL (EDIÇÃO ESPECIAL)
Direção: Brett Ratner
Elenco:
Hugh Jackman, Halle Berry, Patrick Stewart, Ian McKellen, Anna Paquin, Famke Janssen, Kelsey Grammer, Rebecca Romijn, Ben Foster, Shawn Ashmore, Ellen Page, James Marsden, Aaron Stanford, Vinnie Jones, Cameron Bright
Distribuidora: Fox
Duração: 104 min.

Região: 4

Lançamento: 14/11/2006

Nº de discos: 2
Cotações:
Filme
DVD

Comentários de
Jorge Saldanha

O FILME
Após a descoberta de uma controversa "cura" que dará aos mutantes a opção de se tornarem pessoas comuns, o pacifista líder dos X-Men Charles Xavier (Patrick Stewart) diverge de seu oponente mutante Magneto (Ian McKellen), que vê nisso um plano dos homo sapiens para destruí-los. Suas visões opostas acabam levando as duas facções a um explosivo confronto na ilha de Alcatraz do qual participam, além de heróis e vilões já vistos nos filmes anteriores, novos mutantes que incluem Anjo, Fera, Fanático e Colossus. Mas o maior trunfo está do lado de Magneto: Jean Gray (Famke Janssen), que ressurgiu transformada no mais poderoso mutante de todos: a Fênix Negra.

Com Bryan Singer tendo se afastado para assumir o novo longa de Superman, o menos conceituado Brett Ratner (de A Hora do Rush, Dragão Vermelho, Ladrão de Diamantes) assumiu a direção do filme que, alegadamente, encerra a trilogia X–Men. E ao contrário do que muitos antecipavam, o resultado foi tão bom quanto os capítulos anteriores da franquia. Em X-Men: O Confronto Final (X-Men: The Last Stand), mesmo com a troca de diretor e de boa parte da equipe, não notamos uma grande mudança de estilo. Ratner sabiamente decidiu “não mexer em time que está ganhando” e graças a isso o espectador sente um grande senso de continuidade em todos os níveis da aventura. O trunfo maior sem dúvida é o bom roteiro de Simon Kinberg e Zak Penn, que agrega a cultuada saga da Fênix Negra dos gibis a uma trama que gira em torno da tal “cura” para as mutações. Isto permite que o filme se aprofunde no tema que sempre foi mais caro a esta série da Marvel: o preconceito. E para não deixar dúvidas que este é mesmo o capítulo final, personagens importantes morrem no confronto entre os mutantes, o que torna este filme mais dramático que os anteriores. A propósito, fique ligado porque após os créditos finais surge uma cena que revela o verdadeiro destino de um destes personagens. Certo, nem tudo são flores: com Ratner tendo assumido já com uma data de estréia fixada, a produção foi levada a toque de caixa e o orçamento estourou, passando dos U$ 200 milhões. Algumas precariedades nos efeitos visuais são aparentes, em especial no trabalho com fios nas cenas em que os mutantes saltam e voam. Mas o resultado final agrada e diverte, e por ironia do destino até mais que o Superman de Bryan Singer.


O DVD
Esta Edição Especial de X-Men: O Confronto Final traz dois DVDs recheados de extras, acondicionados numa embalagem Amaray envolta por uma luva de cartolina. Pena que essa luva não tenha seguido o padrão metalizado utilizado nos DVDs duplos dos outros dois filmes. O filme é apresentado em seu formato original widescreen anamórfico 2.40:1, numa transferência que impressiona por sua claridade e nitidez. Os pretos são sólidos, as cores bem balanceadas, e não há artefatos de compressão perceptíveis. O áudio é outro destaque, apesar da versão nacional ter perdido a faixa de áudio em inglês DTS 6.1 disponível na R1, que dizem ser impecável. Menos mal que a faixa de áudio em inglês Dolby 5.1 EX é das melhores que já ouvi, dando às cenas de ação grande dinamismo e vivacidade. Os graves são pesados, compactos, e há um acentuado uso dos canais surround, seja para realçar a ação, seja para criar uma ambientação perfeita nas cenas mais calmas. O compositor John Powell criou uma ótima trilha musical para o filme, e a excelente qualidade do áudio ajuda a valorizá-la. Também estão disponíveis dublagens em português e espanhol, ambas em Dolby Digital 5.1, que se não são tão boas quanto a EX, também não comprometem. O filme pode ser assistido com três opções de legendas: português, inglês e espanhol. Enfim, a qualidade técnica deste DVD de X-Men: O Confronto Final é bem superior à do DVD de Superman - O Retorno, que foi minha resenha imediatamente anterior a esta. Mais uma ironia do destino?

OS EXTRAS
Os extras deste DVD duplo de X-Men: O Confronto Final garantirão muito entretenimento aos cinéfilos, e sem dúvida agradarão aos fãs dos mutantes:

Disco 1

  • Comentários em áudio – Conforme a opção de menu que você escolher (do “Bem” ou do “Mal”), o filme pode ser assistido tendo como fundo os comentários do diretor Brett Ratner e dos roteiristas Simon Kinberg e Zak Penn, ou dos produtores Avi Arad, Lauren Shuler Donner e Ralph Winter (para manter o padrão da Fox, ambos sem legendas em português), que fornecem informações e curiosidades sobre a produção – talvez menos do que o desejável. Em alguns momentos da primeira faixa de comentários, percebe-se que o “fantasma” de Singer assombrou Ratner, e o projeto de um modo geral;

  • Cenas excluídas – Temos 24 cenas eliminadas / estendidas / alternativas (totalizando uns 20 min. de duração) que também variam de acordo com a opção de menu escolhida e incluem três finais que foram descartados. As cenas, que possuem o mesmo acabamento técnico do filme (legendas em português, áudio em inglês 5.1 e vídeo anamórfico), podem ser assistidas com comentários opcionais do diretor e de alguns membros da equipe (estes, sem legendas), e neles Ratner adianta que algumas delas serão incluídas numa futura versão do diretor (grande surpresa...);

  • Easter Egg – No menu das cenas excluídas há um easter egg fácil de achar: uma cena de 30 segundos do jato dos X-Men pousando perto da Casa Branca (quando ela foi feita, em 2005, o clímax do filme ocorreria em Washington);

  • Informações Exclusivas – Uma prévia legendada do filme dos Simpsons (que será lançado ano que vem), através de uma curta cena recriada com esboços da animação, em preto e branco.

Disco 2
Aqui os vários extras estão divididos em seções. Todos os documentários e featurettes possuem legendas em português, áudio em inglês 2.0 e vídeo widescreen anamórfico:

- Documentários:

  • Diário de Produção de Brett Ratner – Por 41 minutos acompanhamos o bem-humorado diretor (que no ensaio de uma cena surge maquiado e vestido de Wolverine) nos bastidores das filmagens em locação de várias seqüências, culminando na batalha final em Alcatraz;

  • X-Men: A Evolução de uma Trilogia – Este documentário de 45 min. na verdade é a junção de três featurettes (ainda que não estejam separados em capítulos), cada um focado num dos filmes. Reúne depoimentos de membros do elenco, produtores e roteiristas gravados na época dos respectivos lançamentos. Bryan Singer é citado e mostrado em cenas de bastidores, mas não foi incluído nenhum depoimento seu. Já Brett Ratner, no segmento dedicado a X3, fala bastante;

  • X-Men: A Aventura Continua – Neste documentário de 42 minutos, Ratner, elenco, produtores e membros da equipe falam sobre o terceiro filme, onde transparece o conceito geral de que ele seria o mais ambicioso e que teria a melhor história. Bom, se é tudo isso, cabe aos espectadores julgar. 

- Featurettes:

  • Up Close dos X-Men – Este extra é um dos melhores para os fãs dos quadrinhos e dos filmes: trata-se de uma galeria interativa com imagens, vídeos e textos, onde cada mutante recebe um detalhado perfil que inclui suas origens nos quadrinhos, características pessoais (identidade, poderes, etc.). Temos fotos, desenhos, cenas dos filmes, depoimentos de atores, equipe de produção, etc. - pena que as informações em texto não tenham sido traduzidas para o português;

  • Anatomia de uma Cena: A Ponte Golden Gate – Detalhado featurette de 12 minutos sobre os vários estágios da produção da cena em que Magneto (Ian McKellen) suspende a ponte Golden Gate para levar a ele e seus mutantes para a ilha de Alcatraz.

- Animações da Previz Animatics: Nesta seção com um título traduzido (?) de forma enigmática, temos a pré-visualização de 20 cenas, em storyboards animados em computador (animatics) que podem ser assistidos isoladamente ou em seqüência.

- Vinhetas: A seção de vinhetas inclui sete featurettes de produção, com durações que vão de 2:30min. a 5:30min., abrangendo aspectos como figurino, maquiagem, trabalho com fios, etc., que também podem ser assistidos isoladamente ou em seqüência.

- Blogs: Na seção de Blogs temos mais quatro featurettes de produção, anteriormente divulgados na Internet, com durações que vão de 1 a 7 minutos (o mais longo é sobre a importância da edição). Num deles o bem-humorado criador Stan Lee se prepara para filmar sua ponta como "o homem da mangueira".

- Galerias: Nesta seção temos duas galerias de imagens, uma com várias fotos dos personagens, outra destacando arte conceitual, modelos e storyboards de algumas cenas.

- Trailers: Três trailers, o mais longo com 7 minutos de duração (ele chega a ter algumas seqüências inteiras do filme, aparentemente foi feito para exibição em algum festival).

MENUS
Os ótimos menus animados seguem o padrão dos outros DVDs da série, mas com dois temas no disco 1: bem no início você deve optar entre lutar ao lado dos heróis (X-Men) ou dos vilões (A Irmandade dos Mutantes), o que, conforme a opção selecionada, irá alterar a cor e as imagens dos menus, bem como alguns extras disponíveis (como já especificado acima). Mas a seleção de cenas e as opões básicas de menu permanecem as mesmas, em ambos os casos.

DVDs COMENTADOS