X-MEN 2
Direção: Bryan Singer
Elenco:
Patrick Stewart, Hugh Jackman, Ian McKellen, Halle Berry, Famke Janssen, James Marsden, Rebecca Romijn-Stamos, Anna Paquin, Alan Cumming
Distribuidora: Fox
Região: 4
Ano: 2003

Nº de discos: 2
Cotações:
Filme:
DVD:

Comentários de
Jorge Saldanha

O FILME  
É raro mas acontece: X-Men 2 é um filme melhor que o original, que já era uma das melhores adaptações de super-heróis para o cinema. O mérito maior desta façanha é sem dúvida do ótimo diretor Bryan Singer (Os Suspeitos), que com a experiência adquirida com o longa de 2000, criou uma saga com elementos suficientes para agradar não apenas aos fãs dos mutantes da Marvel, mas a todos os apreciadores de uma boa aventura de ficção-científica.
Nesta continuação, os X-Men continuam enfrentando o preconceito e a discriminação, mas a situação se agrava depois que o mutante Noturno (Alan Cumming), em uma cena espetacular, invade a Casa Branca e tenta assassinar o Presidente. A opinião pública começa a pressionar as autoridades pelo retorno da Lei de Registro de Mutantes, e o general William Stryker (Brian Cox), que considera os mutantes uma ameaça mas tem como braço direito Lady Lethal - uma versão feminina e aprimorada de Wolverine, resolve eliminá-los com o apoio extra-oficial do governo. Stryker descobre a localização da escola de Xavier, e a ataca para obter as especificações do CÉREBRO. Além disso, rapta o Professor X a fim de que ele, subjugado por outro poderoso mutante telepata e utilizando-se do novo CÉREBRO, construído em uma base secreta no Canadá, localize e destrua todos os mutantes do mundo. A fim de enfrentar Stryker, Magneto e a transmorfa Mística (a deslumbrante Rebecca Romijn-Stamos, que desta vez tem uma cena sem a pesada maquiagem azul da personagem) decidem aliar-se aos mutantes de Xavier. Contando com um orçamento maior, Singer conseguiu superar as críticas do primeiro filme e, além de um roteiro superior, enriqueceu o filme com mais ação e efeitos visuais que complementam a história, sem nunca descuidar dos personagens. Além dos que já vimos no primeiro X-Men, muitos outros mutantes dos quadrinhos participam da aventura, alguns apenas em pontas, outros tendo atuação relevante para a trama. O destaque é, sem dúvida, a introdução de Noturno, um dos personagens mais ricos e carismáticos de X-Men. No aspecto musical, X-Men 2 é enriquecido por uma forte trilha sonora composta pelo colaborador habitual de Singer, John Ottman, que não pôde trabalhar no primeiro filme e foi substituído pelo falecido Michael Kamen.

O DVD
Após a Fox ter relançado X-Men em um DVD duplo repleto de extras, a continuação, após ter saído em DVD simples para  locação, recebeu uma igualmente caprichada edição dupla. O filme é apresentado em formato widescreen anamórfico na proporção 2.40:1, otimizado para monitores 16x9. Como de hábito neste tipo de lançamento da Fox, a qualidade da imagem é ótima, com sólido nível de preto, cores firmes e sem artefatos de compressão aparentes. O áudio está disponível em inglês (Dolby Digital 5.1 e DTS 5.1 Surround), português e espanhol (Dolby Digital 2.0 Surround). Desconsidere os idiomas dublados e usufrua das potentes faixas de áudio Dolby Digital e DTS, que realçam sobremaneira os graves, os efeitos surround e a trilha sonora (destaque para heróico tema de John Ottman e a
cantata Dies Irae, do Réquiem de Mozart, que acompanha o sensacional ataque de Noturno à Casa Branca). Detalhe incomum: no quesito som, a versão em DVD de X-Men 2 lançada no Brasil é superior à americana, que não possui faixa de áudio em DTS. Completando, temos legendas em português, espanhol e inglês nos dois discos.

OS EXTRAS
Temos aqui uma boa quantidade de material adicional, que acompanha a trajetória dos X-Men nos quadrinhos e no cinema. No disco 1, podemos assistir ao filme ouvindo duas faixas de comentários distintas: uma com comentários de Bryan Singer, John Ottman e Tom Sogel; outra, com comentários de Lauren Shuler Donner, Ralph Winter, Michel Dougherty, Dan Harris e David Hayter. Já o disco 2 contém uma série documentários, featurettes e outros extras, divididos em 7 seções:

História dos X-Men (Legendado) - Inclui dois documentários: A Origem Secreta dos X-Men e O Renascimento de Noturno
PRÉ-PRODUÇÃO (Legendado) - Temos aqui o Estudo Multiângulo da Sequência do Ataque de Noturno e dois featurettes, Desenho de Produção e As Cores de X-Men 2;
PRODUÇÃO (Legendado) - Contém seis featurettes / documentários: Ensaio da Luta de Wolverine e Lady Lethal,  A Segunda Fantástica Edição de X-Men (Making of de X-Men 2), A Apresentação do Incrível Noturno, Ensaio do dublê de Noturno, O Lapso de Tempo de Noturno e FX2 - Efeitos Visuais;
PÓS PRODUÇÃO (Legendado) - São dois featurettes: Requiem para os Mutantes: A Trilha Sonora de X-Men 2 e Destaques de X-Men 2 na Internet Mundial; 
CENAS EXCLUÍDAS (Legendadas) - Dez cenas que podem ser vistas individualmente ou em seqüência: Cena Estendida da luta de Wolverine e de Deathstrike, Wolverine mata o Invasor, Mística invade os arquivos de Stryker, . Noturno e o Salvamento dos Alunos, Jean e Tempestade no X -JET, Jubileu no Museu, Pyro Acende a Fogueira, Uma das Crianças fica doente, Vampira ajuda as crianças a Fugir, Professsor Xavier e Cíclope Fogem e Chegada à Escola Deserta;
GALERIAS - Seis Galerias de Fotos: Personagens, Locações e Sets, Raios X Mutantes, Posters de Noturno no Circo, Gráficos On Camera e Os X-Men 2 que não foram vistos;
TRAILERS - Três trailers.

Completando o capricho, a embalagem plástica que acomoda os dois DVDs vem embutida em uma luva de cartolina, e o comprador ainda recebe de brinde quatro cards com as fichas de alguns dos personagens do filme.

DVDs COMENTADOS