Cine & Música
www.scoretrack.net

Alexandre Desplat

26 de setembro de 2009

2009 - O ANO DE DESPLAT

Depois de trilhas assustadoramente perfeitas como O Despertar de uma Paixão (minha trilha favorita de all times), A Rainha, De Tanto Bater Meu Coração Parou, Desejo e Perigo e O Curioso Caso de Benjamin Button (fora tantas outras lindas), este ano Desplat consegue um feito que NENHUM, digo NENHUM outro compositor conseguirá: ser responsável pela trilhas de 8 (sim são OITO) trilhas musicais - e nada de trilha comunzinha não...

O cara vai do popular (Lua Nova) ao mais clássico (The Tree of Life) passando por uma animação (O Fantástico Mr. Fox) e outros filmes de peso. São eles: Coco Avant Chanel (a trilha do ano até agora, na minha opinião), Julie & Julia (direção de Nora Ephron), Un Profète (de Jacques Audiard), L´Armee du Crime (direção de Robert Guédiguian), Cheri (de Stephen Frears), os já citados The Tree of Life (de Terrence Mallick), Lua Nova (de Chris Weitz) e O Fantástico Mr. Fox (de Wes Anderson). Das 8 trilhas já ouvi quatro: Coco Avant Chanel, Cheri, Un Profete e Julie & Julia, e é incrível como todas elas são de um nível altissimo!!! Eu já conferi também o filme Cheri e a trilha encaixa-se muito bem (e o filme é muito bom também).

Vale lembrar que Desplat está indicado como o compositor do ano no World Soundtrack Awards (no qual eu voto) por seu trabalho em Largo Winch, Benjamin Button e Coco Avant Chanel... e também vale lembrar que todas as redes de apostas apontam Desplat com The Tree of Life e Coco Avant Chanel no Oscar... que VAMOS E VENHAMOS, já foi MUITO injustiçado!!! Eu, se fosse da Academia já teria dado os 2 Oscars para ele (embora no ano de A Rainha eu o teria indicado por The Painted Veil, para mim seu melhor score), e ainda o teria indicado em Moça com Brinco de Pérola, De Tanto Bater Meu Coração Parou (pelo qual ganhou o Urso de Prata em Berlim), Syriana e Desejo e Perigo.

Mas este ano o único grande adversário na minha opinião seria Michael Giachinno, o querido compositor de Lost, Cloverfield e Ratatouille, que vem forte com Up!. Mas convenhamos galera... injustiça por injustiça vai ser o Desplat com 8 scores não receber a estatueta. Mas tietismos à parte, uma coisa é certa: o querido compositor francês vai ficar hiper-ultra-mega-popular, já que é certo que a trilha de Lua Nova vai vender MUITO (só para constar, a trilha de Crepúsculo já vendeu mais de 4 milhões de cópias até agora).

Então, de qualquer maneira, este é o seu ano... e viva Alexandre Desplat!!!!

Viviana Ferreira

TODAS AS COLUNAS
VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL