Cine & Música
www.scoretrack.net

09 de novembro de 2006

A série instrumentos do Cine & Música chega ao fim com esse instrumento que todos nós possuímos, mas nem sempre sabemos como usar, a  voz humana.

Boa leitura!

Instrumentos: VOZ HUMANA

Muitos compositores de trilha têm o costume de usar corais para incrementar seus temas – Eu, particularmente, acho o uso de corais muito legal, pois as vezes o uso de letra nem é necessário. Dentro desse universo cantado existe diversos tipos de vocais. São eles:

A solista Lisbeth Scott no SONCINEMAD 2006

  • Vozes Femininas:

    • soprano
    • meio-soprano
    • alto ou contralto
  • Vozes Masculinas:
    • sopranista
    • contratenor
    • tenor
    • barítono
    • baixo-barítono
    • baixo
    • castrato (em desuso)
      • soprano castrato
      • mezzo-soprano castrato
      • alto castrato

E também o vocal infantil, composto obviamente por crianças.

O vocal infantil é muito explorado pelo compositor Danny Elfman, que já foi por alguns altamente criticado com a seguinte frase “não agüento mais esses corais do Elfman”. Cada compositor tem a sua característica, mas acredito que nesse caso é mais uma assinatura de Elfman do que propriamente um molde.

Dentro das composições onde se usa a voz humana eu destaco os temas de Conan o Bárbaro, de Basil Poledouris, A Profecia, de Jerry Goldsmith, Harry Potter e o Prizioneiro de Azkaban, de John Williams,  e Van Helsing, de Alan Silvestri.

Sei que muitos não gostaram do tema de Silvestri, mas se analisarmos única e exclusivamente o vocal – bem, trata-se de um coral e tanto.

Lucas Vandanezi
lvandanezi@scoretrack.net

TODAS AS COLUNAS
VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL