Cine & Música
www.scoretrack.net

21 de agosto de 2008

Júlio Verne – Uma História e Tanto

Caros leitores, este Cine & Música tem o orgulho de apresentar a grande obra de Júlio Verne, um escritor visionário que, além de seu tempo, através da ficção, fez previsões que se concretizariam futuramente (internet, submarinos, foguetes, visitas à Lua etc..).

Para os que não sabem, este escritor francês é o autor da obra “Viagem ao Centro da Terra” – que já teve entre suas adaptações, mais de uma versão para o cinema. O filme em cartaz no momento, distribuído pela PlayArte, é bem interessante, pois apresenta uma história que não é fielmente baseada no livro - que, aliás, é usado na sua trama contemporânea como se fosse a prova de que é possível aos humanos viajarem até o núcleo de nosso planeta. O que mais me impressionou nesse filme é a qualidade da projeção 3D – aliás, vale ressaltar que se você pretende assistir ao filme é obrigatória a ida a um cinema 3D, caso contrário ele será apenas mais uma aventura/comédia. A qualidade absurda do 3D em questão é de tirar o fôlego, e em diversos momentos me senti no centro da Terra, experimentando um pouco das batalhas e tempestadas apresentadas ao longo do filme – realmente empolgante.

Este ano pude ir até Budapeste, em uma breve visita que fiz à Europa. Lá fui no restaurante JULES VERNE (foto acima), que tem como tema uma das obras mais conhecidas do visionário escritor francês, “20.000 Léguas Submarinas”. Trata-se de um restaurante em forma de um submarino e tendo escotilhas como janelas, portas que, apesar de serem de madeira, imitam o aço de um submarino de verdade, equipamentos de navegação e, é claro, uma comida muito boa. Para todos que um dia viajarem a Budapeste fica aqui a minha sugestão.

Para os mais antigos ou para aqueles que gostam de rock progressivo anos 1970, é praticamente impossível falar de “Viagem ao Centro da Terra” sem mencionar a ópera-rock de Rick Wakeman, baseado na obra de Verne. Sou suspeito para falar dessa obra, pois, além de Júlio Verne ser o meu autor favorito, Wakeman é um tecladista que muito aprecio e que merece a nossa atenção.

Entrevista

Tive a oportunidade de entrevistar Rodrigo Simão (foto ao lado, o cara da direita), tecladista com mais de 15 anos de estrada e que hoje é integrante da banda Dr. Sin. Dentre seus projetos Rodrigo está agora com um dos shows mais importantes de sua carreira: “Tributo a Rick Wakeman”. O show com duas entradas tem um repertório de clássicos de Wakeman como “Journey to the Center of the Earth”, “Catherine Parr”, “The Visit”, “King Arthur”, “Merlin the Magician”, “Paint It Black” e “Buried Alive”, entre outras surpresas.

 

Cine & Música - QUAL A SUA LIGAÇÃO COM AS TRILHAS SONORAS? 

Rodrigo Simão - Minhas composições partem do conceito de música imagem... Imagino uma cena ou um acontecimento e vou compondo o clima para aquela parte, sendo assim, existe muita similaridade com a trilha sonora dos filmes. Uma imagem vale mais que mil palavras e um som vale mais que mil imagens!

 

Cine & Música - ALGUM COMPOSITOR FAVORITO? 

Rodrigo Simão - Ludwig Van Beethoven

 

Cine & Música - COMO SE INTERESSOU PELA OBRA DE RICK WAKEMAN? 

Rodrigo SimãoDesde que comecei a tocar, fiquei impressionado com o número de teclados e aquela capa brilhosa, assim pensei, quero ser igual ele quando crescer. Depois comecei a ouvir e fiquei encantado pelo som do Moog.  Quando estudei programação de sintetizador, a referência era o Moog e quando se fala em Moog, logo lembro Rick Wakeman.

 

Cine & Música - TEVE CONTATO PRIMEIRAMENTE COM O LIVRO, FILME OU A ÓPERA ROCK DO TECLADISTA?

Rodrigo SimãoEu vi alguns documentários, mas nunca li nada de Verne. Estou para ver esse filme que lançaram sobre a viagem ao centro da terra, mas me parece bem comédia. Meu contato foi com o disco do Rick Wakeman e depois pude assistir à execução feita pela orquestra da ULM com o "Rei Arthur" e o "Viagem ao Centro da Terra". Quem sabe eu não faça uma participação na próxima que fizerem... 

 

Cine & Música - O QUE VOCÊ ACHA DE RICK WAKEMAN TER REESCRITO UMA HISTÓRIA – GRAVANDO O "RETORNO AO CENTRO DA TERRA"?

Rodrigo Simão - É muito complicado desenvolver uma obra tão grandiosa e de tantos detalhes como ele fez, digno de um grande mestre.

 

Cine & Música - VC GOSTA DA OBRA "1984" DO WAKEMAN? 

Rodrigo Simão - Gosto muito da loucura da primeira música ("Overture"), é uma mistura de anos 70 com formato moderno. Interessante!

 

Cine & Música GOSTARIA DE AGRADECER À SUA ENTREVISTA AO SCORETRACK NETWORK.
Rodrigo SimãoEu é que agradeço a oportunidade, e convido a todos para o show que farei dia 4 de Setembro no Café-Piu-Piu em São Paulo.

Veja cenas do show:

 

Local: Café Piu Piu
Dia: 04/09/2008 - quinta-feira / 22hs
Endereço: Rua 13 de maio, 134 - Bixiga, São Paulo - SP
Reservas : 11-3258-8066
Ingresso: R$ 10,0

Lucas Vandanezi
Lvandanezi@scoretrack.net

TODAS AS COLUNAS
VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL