Cine & Música
www.scoretrack.net

24 de dezembro de 2009

As Top 15 Trilhas de 2009

Saiba quais foram, na opinião da "ScoreGirl" Viviana, as 15 novas trilhas sonoras que se destacaram em 2009. Quando disponível, clique no link para informações adicionais.
 

1 - Alexandre Desplat - O Fantástico Sr. Raposo: Este ano Desplat se superou. Foi do drama à comédia, do suspense ao romance, e nos deu de presente o score maravilhoso de "O Fantástico Sr. Raposo". Originalíssimo e uma graça, ele consegue transpor o lúdico e ainda assim ser fantasticamente fantástico. Para mim, é a grande trilha de 2009.

 

 

 

2 - Abel Korzeniowski - A Single Man: Essa, sem sombra de dúvidas, foi a grande surpresa do ano! A trilha de "A Single Man" é uma das trilhas mais lindas que eu já ouvi em toda a minha vida. Original, clássica, bela, inteligente, doce, absoluta, fantástica... sem sombra de dúvidas uma obra prima! Eu posto aqui o trailer do filme que tem uma parte da faixa "Carlos", porque ainda não existem vídeos da trilha que ainda não foi lançada, mas que estará disponível para venda a partir de quinta feira (informação esta me dada pelo próprio Abel).

 

 

 

3 - Marc Bradshaw - Bright Star: A trilha magnífica do novo Marc Bradshaw não pode ser esquecida. Poético ao extremo, o score mistura melodia e poesia, de modo assustadoramente apaixonante. Sensível ao extremo, é com certeza uma das mais lindas trilhas dos últimos anos.

 

 

 

4 - Nick Cave & Warren Ellis - The Road: nostálgico, humano, doce... são estes os elementos que fazem de "The Road" um grande filme, e consequentemente uma grande trilha. É admirável o trabalho que Cave e Ellis desenvolvem, destacando as faixas que são executadas por piano com cordas ao fundo. Triste, mas belíssima.

 

 

 

5 - Hans Zimmer - Sherlock Holmes: Zimmer vem atravessando uma ótima fase e neste ano além de "Sherlock Holmes" deu uma nova roupagem à trilha de "O Código da Vinci" para "Anjos e Demônios". Mas é em Sherlock que ele realmente brilha, com uma trilha inteligente, dinâmica, que mistura instrumentos e nos mostra uma faceta divertida do compositor. Trilha adorável e deliciosa.

 

 

 

6 - Elliot Goldenthal - Inimigos Públicos: Gosto muito do trabalho de Goldenthal e, neste ano eles nos presenteou com um grandioso score para o filme "Inimigos Públicos". Embora para muitos o filme tenha sido uma decepção, a trilha com certeza não pode ser esquecida como uma das melhores do ano. Todo o tom que envolve o score, com o aspecto de um grande filme sobre gângsteres, brilha através das notas de Goldenthal. Sem dúvida merece estar no top 10.

 

 

 

7 - Michael Giacchino - Star Trek: Giacchino é o queridinho da critica por "Up", mas para mim é com o score de "Star Trek" que ele realmente alcança a luz. A trilha é lindíssima, e se encaixa-se perfeitamente no filme que também é ótimo. Indicaria Giacchino sim ao Oscar, mas por "Star Trek" e não por "Up".

 

 

 

8 - John Debney - The Stoning of Soraya M.: Há tempos eu não ouvia uma trilha de Debney tão inspiradora quanto a de "The Stoning..." onde ele arrasa com melodia forte e muitas vozes de fundo. Score magnífico, um deleite para os ouvidos.

 

 

 

9 - Michael Danna & Rob Simonsen - 500 Days of Summer: Lembrando que este ano também foi muito produtivo para Michael Danna, que compôs belissimas trilhas como "The Imaginarium of Doctor Parnassus" e "Te Amarei para Sempre", mas é com "500 Dias com Ela" que ele achou o ponto da originalidade. A trilha toda é uma delicia e se alterna com uma excelente compilação de musicas e score.

 

 

 

10 - James Horner - Avatar: Horner veio com tudo este ano com o score do novo filme de James Cameron, "Avatar". A trilha é épica e belíssima, sendo sem sombra de dúvida forte. Um grandioso score para um grandioso filme.

 

 

 

11 - Alexandre Desplat - Coco Antes de Chanel: Esse foi realmente o ano de Desplat, e a trilha de "Coco Antes de Chanel" é um exemplo do quão ele é competente. O filme é belíssimo, e a trilha clássica de Desplat só deixa o filme mais emotivo e emocionante. Um ponto a mais para o meu francês favorito!

 

 

 

12 - T-Bone Burnett & Ryan Bingham - Crazy Heart: Com uma trilha simples e toques de violão a bela "Crazy Heart" vem arrebatando o coração de muitos críticos pela sua beleza e nostalgia. Uma das trilhas mais doces do ano, com certeza.

 

 

 

13 - Brian Eno - The Lovely Bones: Eno já é conhecidíssimo no mundo da musica mas é em “The Lovely Bones”, de Peter Jackson, que ele embarca no mundo dos scores... com uma belíssima e intrigante trilha Eno mistura sons e nos fornece um trabalho único e original.

 

 

 

14 - Irmãos Danna - The Imaginarium of Doctor Parnassus: Michael e Jeff Danna se reuniram neste idílico filme de Terry Gilliam, nos dando de presente um score cheio de cellos, formas e manias, que encanta e se supera.

 

 

 

15 - Alexandre Desplat - Um Profhète: Mais uma vez Desplat aparece na lista (talvez porque ele tenha composto sete scores neste ano) com a assustadora e inteligente trilha de “Um Profeta”, o longa aclamado de Jacques Audiard.

 

 


Viviana Ferreira

TODAS AS COLUNAS
VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL