Primeira Impressão
www.scoretrack.net

Título Original: Driving Lessons
Tempo de Duração: 98 minutos
Ano de Lançamento (Inglaterra): 2006
Distribuição: Sony Pictures Classics / Paris Filmes
Direção: Jeremy Brock
Roteiro: Jeremy Brock
Produção: Julia Chasman
Música: Clive Carroll, John Renbourn
Fotografia: David Katznelson
Desenho de Produção: Amanda McArthur
Figurino: Robin Fraser-Paye
Elenco: Julie Walters, Rupert Grint, Laura Linney, Nicholas Farrell, Oliver Millburn, Michelle Duncan, Jim Norton, Tamsin Egerton, Rose Keegan, Chandra Ruegg, Rita Davies

07 de março de 2007

LIÇÕES DE VIDA

Ensina-nos a viver


Julie Walters - junto com Brenda Blethyn e a mais recente vencedora do Oscar, Helen Mirren – representa o que há de melhor na geração de meia-idade das grandes atrizes inglesas - aquele seleto grupo formado por senhoras mais jovens que Dame Maggie Smith ou Dame Judi Dench, e mais experientes que Cate Blanchett ou Emily Watson.

Duas vezes indicada ao Oscar, a atriz tem, aqui, papel que lhe cabe como uma luva, e nos oferece uma interpretação deliciosa ao vivenciar Evie Walton, uma senhora rabugenta porém adorável, que se vê as voltas com a necessidade de ter aulas de direção para que o ato de utilizar seu carro não continue sendo um risco para a aprazível comunidade inglesa na qual vive.

Atriz aposentada, Walton logo se torna objeto de fascinação para seu jovem professor, o pós-adolescente Ben Marshall, vivido por um talentosíssimo Rupert Grint (o Ron da série de filmes Harry Potter), um rapaz tímido, sensível e oprimido pela mãe insuportável (Laura Linney, esplêndida). Na amizade que surge entre os dois protagonistas, ambos irão descobrir a beleza da vida, e que jamais se deve deixar-se abater perante as circunstâncias negativas que surgem em nosso caminho. Curiosamente, embora os dois ensinamentos apliquem-se a ambos, a primeira lição é ainda mais útil à quase anciã e a segunda, ao rapaz.

Remetendo, e muito, ao inesquecível clássico de Hal Ashby ENSINA-ME A VIVER, LIÇÕES DE VIDA encanta o espectador à medida que mostra o relacionamento entre diferentes gerações - com as peculiaridades específicas de cada fase da existência - como fonte para o amadurecimento e a melhoria interna de seus personagens, tanto o tímido rapaz interpretado por Grint como, ainda mais, a sofrida Evie e a sua vida desperdiçada. Suave, agridoce e muito bem dirigido pelo estreante Jeremy Brock, LIÇÕES DE VIDA, que estréia dia neste dia 09 de março, é um filme que irá deixar no espectador uma agradável sensação de tranqüilidade e a certeza de que, apesar de todas as atribulações, sempre vale a pena viver.

 

Carlos Dunham

PRIMEIRA IMPRESSÃO
VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL