Primeira Impressão
www.scoretrack.net

FICHA TÉCNICA
Título Original: TURISTAS
Gênero: TERROR
Tempo de Duração: 94 MIN.
Ano de Lançamento (EUA): 2006
Distribuição: PARIS
Direção: JOHN STOCKWELL
Roteiro: Michael Ross
Produção: Marc Butan, Scott Steindorff, John Stockwell, Bo Zenga
Música: PAUL HASLINGER
Edição: Jeff McEvoy
Elenco:
Josh Duhamel, Melissa George, Olivia Wilde, Desmond Askew, Beau Garrett, Max Brown

12 de fevereiro de 2007

Não vale o turismo ao cinema, mas não é tão ruim como dizem

Mesmo antes de sua estréia, Turistas (cujo título original é em português mesmo, e não Tourists) está sendo alvo de perseguições e críticas de pessoas que não viram o filme, e que acusam a realização do diretor John Stockwell de passar uma idéia negativa e extremamente antipática do Brasil. Cá entre nós, imagens realmente negativas e antipáticas do Brasil surgem quando um menino de seis anos é assassinado por um ladrão de carros, que dá partida no veículo com a criança presa ao carro pelo lado de fora... ou quando uma explosão na construção de um metrô mata sete pessoas... ou quando uma família é incendiada dentro de um veículo... essas sim, são imagens negativas do Brasil. Nada do que Turistas apresenta o é - basta ver o filme para constatar.

E, finalizando a questão, o filme não enfoca o Brasil como o vilão, ou como a causa da confusão e posterior tragédia que vitima os personagens (sendo um filme de terror, é óbvio que é a isso que o filme se propõe). Apenas é ambientado em solo brasileiro. Se isso tornasse o Brasil o vilão da estória, o Texas também o seria em O Massacre da Serra Elétrica, e a Austrália, em Wolf Creek - Viagem ao Inferno...

Feita essa importante ressalva, é preciso deixar claro que não estamos sugerindo que Turistas seja um filme bom. Mas também não é ruim: é divertido, embora peque por ser uma cópia de vários outros similares, alguns bem melhores, outros piores. A seu favor, o filme tem o mérito de saber dosar a carnificina apresentada - o filme exibe cenas de mutilação na quantidade certa, assustando o espectador e não deixando dúvidas a respeito, mas sem super-intensificar o ocorrido.

Bastante similar ao supra-mencionado Wolf Creek - Viagem ao Inferno, Turistas conta a estória de um grupo de seis estrangeiros que vêm ao Brasil e optam por viajar de ônibus, e não de avião, com o objetivo de, assim, conhecer melhor o país sul-americano. Um acidente na estrada, contudo, faz com que a viagem seja interrompida. E, encantados com a beleza do país (e das mulheres presentes) e os sabores dos drinks (e novamente das mulheres), o grupo decide abandonar o ônibus que os transportava e acampar na mata com os residentes no local. São assaltados e, auxiliados por um guia para encontrar ajuda, acabam por se envolver com um médico charlatão que seqüestra e mata pessoas para retirar órgãos. Começa, então, o terror.

Durante o desenrolar de sua trama, o filme resvala freqüentemente no óbvio e meramente repete cenas e situações já vistas em diversos outros filmes - embora, como dito acima, sabendo moderar adequadamente estas. A pouca ambição, porém, impede que o filme seja visto como pretensioso impedindo-o, assim, de se tornar antipático. Como é uma obra curta - são apenas 94 minutos de narrativa - o ritmo correto acaba por permitir que o filme flua rápido. É para ver, assistir, divertir-se um pouco e esquecer. A estréia no Brasil está prevista para este dia 16/02.

 

Carlos Dunham

PRIMEIRA IMPRESSÃO
VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL