Sci Files
www.scoretrack.net

Jonathan Harris
"Nada tema... com Smith não há problema"

 

Jonathan Harris e Billy Mumy, 1965

JONATHAN HARRIS, EM SUAS PRÓPRIAS PALAVRAS
No final de 1996, alguns meses antes do início das filmagens do filme Perdidos no Espaço, eu, Denis Winston Brum e César Paulo Louis, que à época escrevíamos para o fanzine de ficção-científica Zona Neutra, conseguimos fazer uma pequena entrevista com Jonathan Harris, pelo correio. Abaixo, segue a entrevista, publicada originalmente no número 09 do ZN:

Pergunta: Além de Perdidos no Espaço, quais são os pontos altos de sua carreira? O senhor fez outras produções de ficção-científica?
Jonathan Harris: Eu fiz 612 episódios para a TV, incluindo Academia Espacial e Galactica (eu era a voz de Lúcifer), e muitas peças na Broadway.

P: O senhor ainda comparece às convenções de ficção-científica?
JH: Sim.

P: E sobre o elenco de Perdidos no Espaço? O senhor costuma falar com o elenco principal e os astros convidados?
JH: Não, eu apenas encontro Billy Mumy ocasionalmente.

P: O senhor contracenou com o falecido Guy Williams (Prof. Robinson) na série Zorro, da Disney?
JH: Sim.

P: Existe um rumor sobre cenas de Perdidos no Espaço que jamais foram ao ar. O elenco realmente filmou algumas cenas para o quarto ano, antes do cancelamento da série?
JH: Não.

P: Nós temos algumas informações sobre o filme de Perdidos no Espaço. O senhor estará envolvido no projeto?
JH: O filme sobre Perdidos no Espaço será filmado em Londres, a partir de fevereiro de 1997, eu não estarei envolvido.

Jonathan Harris, o Robô e Billy Mumy, 1995

P: O senhor acredita num possível renascimento de Perdidos no Espaço como série?
JH: Parece difícil. Mas em Hollywood, nunca se sabe. 

P: Como era o seu relacionamento com o falecido Irwin Allen?
JH: Ele era o meu patrão, eu era seu astro, e era assim que nós nos relacionávamos.

P: Como o senhor se sentiu em The Fantasy Worlds of Irwin Allen, novamente contracenando com June Lockhart, Billy Mumy e Bob May?
JH: Eu gostei de fazê-lo. Trouxe-me de volta algumas lembranças interessantes.

P: O que o senhor acha das séries de ficção-científica de hoje?
JH: Arquivo X é um bom programa, que eu assisto quando posso. Eu não vejo nenhuma das outras.

P: Senhor Harris, obrigado pela sua gentileza. Para nós o senhor não é apenas mais um ator, o senhor fez o Dr. Smith, o vilão que amamos odiar. Tudo de bom para o senhor.
JH: Eu adorei a revista de vocês. Quisera ser mais fluente em português. Meus melhores votos para vocês, e boa sorte Denis, César e Jorge.

Então, é isso... no momento em que escrevia esta matéria, a NBC estudava o roteiro de um telefilme sobre Perdidos no Espaço, que deveria contar com a participação de todo o elenco original remanescente, inclusive Harris. Com a sua morte não sei se o projeto, que previa uma possível nova série, com uma nova família e novo elenco, irá adiante. Só posso torcer para que isso venha a ser realizado como um belo tributo ao saudoso ator e ao seu mais querido personagem. De qualquer forma, ambos continuarão vivos em minhas memórias e nos corações de fãs do mundo todo.

AGRADECIMENTOS

Quero aqui registrar meus agradecimentos a outros fãs de Jonathan Harris, que colaboraram para tornar esta pequena homenagem uma realidade:

Antonio Navarro - gentilmente forneceu o material sobre a visita de Harris ao Brasil, esta era uma memória que já estava sendo apagada...
Elias de Lucena - o fã brasileiro nº 1 de Perdidos no Espaço. Forneceu as fotos recentes de Harris, que você pode ver aqui.
Denis Winston Brum - autorizou a reprodução da entrevista com Harris, originalmente publicada no seu zine Zona Neutra.

Jonathan Harris e Billy Mumy, 2001

Jorge Saldanha

VOLTAR PARA SCI FILES