James Newton Howard

James Newton Howard pertence à geração de compositores que, com sucesso, fizeram a transição entre a música pop e a música de cinema. Nascido em 9 de junho de 1951, Newton Howard estudou na University of Southern California School of Music e na Santa Barbara's Music Academy of the West, antes de entrar no mundo da música nos anos 70. Durante um período de 15 anos, Newton Howard foi o principal tecladista, e mais tarde, produtor e arranjador, para uma lista de astros talentosos do mundo pop, como Yes, Kansas, King Crimson, Genesis, Nilsson, Leo Sayer, Carly Simon, Ringo Starr, Diana Ross, Melissa Manchester, Elton John, Chicago, Olivia Newton-John, Chaka Khan e Earth Wind and Fire.

Foi através de sua colaboração com o regente e orquestrador Marty Paich que Newton Howard finalmente entrou no ramo dos filmes, e seu primeiro score foi para a comédia de 1986 com  Goldie Hawn, Wildcats. Desde então,  Newton Howard tornou-se um dos mais populares e atuantes compositores de Hollywood (somente em 1986, seu nome apareceu nos créditos de sete filmes ), compondo para produções tão diversas como Uma Linda Mulher, O Fugitivo (excelente trilha de ação que influenciou não apenas trabalhos posteriores de Howard, mas também de outros compositores), Um Dia de Fúria, Júnior, O Advogado do Diabo e Um Crime Perfeito. Newton Howard também foi parceiro em colaborações criativas com respeitados diretores, principalmente com Kevin Costner (Waterworld, O Mensageiro) e Lawrence Kasdan (Grand Canyon, Wyatt Earp).

Indicado cinco vezes ao Oscar, Newton Howard vem apresentando uma grande produção, compondo as partituras de O Sexto Sentido, o aclamado drama sobrenatural com Bruce Willis; Noiva em Fuga, recente sucesso de Richard Gere e Julia Roberts; Ecos do Mal, thriller do diretor David Koepp na linha de O Sexto Sentido; Mumford, drama romântico de Lawrence Kasdan estrelado por Tom Selleck; Neve Sobre os Cedros, um drama épico do mesmo diretor de ShineCorpo Fechado, que mais uma vez reuniu o astro e o diretor de O Sexto Sentido (Bruce Willis e M. Night Shyamalan), e Limite Vertical. O trabalho melódico e acessível de Howard valeu-lhe as indicações ao Oscar por O Príncipe das Marés, de Barbra Streisand (1991), pela música jazzística e pulsante de O Fugitivo (1993) e pelo ritmo contagiante de O Casamento do Meu Melhor Amigo (1997). Também foi indicado duas vezes para melhor canção, com a doce "Look What Love Has Done" (de Júnior, 1994) e a balada "For the First Time" (de One Fine Day, 1996). Também merece destaque seu trabalho para filmes de animação da Disney, como Dinossauro (2000) e Atlantis (2001). Adicionalmente, o compositor possui vários trabalhos feitos para a TV, como a série Men (1989, que lhe valeu uma indicação para o Emmy) e vários filmes da TV a cabo HBO (Somebody Has to Shoot the Picture, 1990, A Private Matter, 1992, etc.). Entretanto, Howard talvez ainda seja mais conhecido como o compositor do vibrante tema do sucesso Plantão Médico (ER).

Filmografia de James Newton Howard, cortesia de Internet Movie Database.

Jorge Saldanha