Independence Day (Independence Day, EUA, 1996
Gênero: Aventura/Ficção Científica 
Duração: 153 min 
Estúdio: Fox 
Elenco: Bill Pullman, Brent Spiner, Will Smith, Jeff Goldblum, Mary McDonnell, Judd Hirsch, Margaret Colin, Randy Quaid 
Compositor: David Arnold
Roteiristas: Dean Devlin, Roland Emmerich 
Diretor: Roland Emmerich

INDEPENDENCE DAY é um dos filmes de ficção científica mais divertidos e bem feitos de todos os tempos. Tudo bem, o enredo é copiado de centenas de outros (de O DIA EM QUE A TERRA PAROU passando por A GUERRA DOS MUNDOS, até STAR WARS), mas isso não incomoda pois os realizadores e roteiristas Roland Emmerich e Dean Devlin (os mesmos de STARGATE) não escondem as origens (O DIA EM QUE A TERRA PAROU é até mostrado em uma cena na TV) e tem o bom gosto de levar tudo em tom de brincadeira e gozação, onde a cara de pau de todos os envolvidos prevalece.

Por isso mesmo tudo funciona (ao contrário do fracassado GODZILLA, onde mudaram o tom e resolveram levar-se a "sério"), principalmente graças ao elenco carismático onde os destaques ficam para Will Smith, Jeff Goldblum e Randy Quaid em interpretações impagáveis. O filme tem méritos também porque foge do lugar comum, ao mostrar pela primeira vez os invasores atacando de fato a humanidade e literalmente vaporizando cidades inteiras, abrindo assim espaço para cenas visualmente brilhantes e de impacto inegável. Tudo isso valorizado pela trilha musical vibrante de David Arnold e pelos efeitos especiais extremamente ricos. 

Infelizmente, somos obrigados a engolir as habituais doses das intragáveis "patriotadas" estadunidenses (Bill Pullman faz o presidente-escoteiro dos EUA, que é inclusive piloto de caça), mas que para alívio geral acabam sendo um pouco diluídas pelo carisma dos atores e pelo tom de farsa geral - ajuda também terem mostrado outros países sendo destruídos e lutando na batalha final, coisa rara em filmes de Hollywood - vide os semelhantes IMPACTO PROFUNDO ou ARMAGEDDON, onde os gringos sozinhos salvam o dia e o resto do mundo é mostrado como um agrupamento de abobalhados. Neste aqui, pelo menos todos são bobos! 

INDEPENDENCE DAY é uma boa prova de que cinema também pode ser apenas uma boa diversão. É um filme para se assistir com montes de pipoca no colo e um sorriso cínico no rosto. Obviamente não recomendado para chatos e PIMBAs (Pseudo-Intelectuais Metidos a Besta) de plantão... 

Cotação: ****

André Lux

VOLTAR