LIGEIRAMENTE GRÁVIDOS (Knocked Up, EUA, 2007)
Gênero: Comédia
Duração: 129 min.
Elenco:
Seth Rogen, Katherine Heigl, Paul Rudd, Leslie Mann, Jason Segel, Jay Baruchel, Jonah Hill, Martin Starr, Charlyne Yi, Iris Apatow, Maude Apatow, Harold Ramis, Loudon Wainwright III, Steve Carell
Compositor: Joe Henry, Loudon Wainwright III
Roteiristas: Judd Apatow
Diretor: Judd Apatow

Tudo em família

Simpática comédia do diretor Judd Apatow é uma diversão leve, feita em família e para a família

Não chega a ser a salvação da comédia americana como muitos andam dizendo, mas esse segundo longa-metragem de Judd Apatow me agradou bastante. Em LIGEIRAMENTE GRÁVIDOS (2007), temos dois personagens totalmente diferentes unidos pelo acaso. De um lado, um sujeito gordo, preguiçoso, meio burro, maconheiro, desempregado e sem dinheiro, interpretado por Seth Rogen; de outro, temos Katherine Heigl no papel de uma loira bonita que trabalha como repórter no canal E! e que acabou de receber uma promoção no trabalho. Eles se conhecem numa danceteria, enchem a cabeça de álcool e acabam fazendo sexo. Com aquele negócio de "vai logo", ele acabou "indo" sem a camisinha mesmo, o que resultou numa gravidez inesperada.

A premissa me pareceu bastante simples e o filme não tem tantas situações engraçadas assim. O que acaba conquistando o espectador é a boa construção dos personagens principais, que se relacionam bem com o casal coadjuvante, vivido por Paul Rudd e Leslie Mann, esposa do diretor. As duas crianças do filme também são filhas de Apatow, o que só contribui para o clima "familia", confirmado nos créditos finais, com fotos de integrantes do elenco e da equipe de filmagens em momentos flagrantes da alegria familiar.

O filme também fornece reflexões sobre a atual sociedade que valoriza excessivamente a juventude e maltrata aqueles que já passaram dos trinta anos, como pode ser visto na cena em que as duas irmãs - Katherine Heigl e Leslie Mann - são barradas numa danceteria. Uma por ser "velha", outra por estar grávida. Diferente de O VIRGEM DE 40 ANOS (2005) que primava por cenas extremamente engraçadas, associadas a momentos constrangedores, LIGEIRAMENTE GRÁVIDOS, por não ter muito desses dois elementos, acaba se tornando uma diversão ainda mais leve. Até porque, para o personagem de Seth Rogen, engravidar uma mulher tão adorável como a típica sagitariana do filme não é nenhuma tragédia. Muito pelo contrário. Além do mais, o filme não se restringe aos problemas iniciais da descoberta da criança que está chegando. Há também os problemas relacionados às relações sexuais durante a gravidez e às visitas aos obstetras.

A julgar pelo trailer, tudo indica que SUPERBAD - É HOJE, produzido por Apatow, escrito por Seth Rogen e com parte do elenco de apoio de LIGEIRAMENTE GRÁVIDOS, é bem mais engraçado que o anterior, tendo alcançado também o topo das bilheterias americanas.

Cotação:
Ailton Monteiro
FILME EM DESTAQUE