Sci Files
www.scoretrack.net

O Segredo de Rambaldi

O elenco principal da primeira temporada

Sidney em momento Sexy

Segundo Rambaldi, Sidney é "A Escolhida"

Foto autografada do elenco da quarta temporada

Com toques sci fi e da clássica Missão: Impossível, a série Alias, criada por J. J. Abrams, estreou nos Estados Unidos em 2001, pela ABC, mostrando as aventuras de Sydnei Bristow (Jennifer Garner), uma universitária que trabalha para uma agência secreta, a SD-6. No piloto,  Sidney,conta para seu noivo a verdade sobre o seu trabalho, e o Diretor da SD-6 Arvin Sloane (Ron Rifkin) descobre o fato e ordena a morte do rapaz. O amigo jornalista de Sidney, Will Tippin (Bradley Cooper), também acaba descobrindo a verdade sobre a SD-6, enquanto quando investigava a morte de Danny (o noivo da Sidney). O detalhe é que a SD-6, tida pela maioria de seus funcionários como um braço da CIA, na verdade faz parte de uma organização criminosa a serviço da Aliança dos Doze, comandada por empresários e ex-agentes da CIA e KGB.

Sidney descobre que seu pai, Jack (Victor Garber), que também trabalha na SD-6, é um agente da CIA tentando descobrir meios de destruir a agência secreta falsa. Ela também passa a trabalhar para a CIA como agente dupla, infiltrada na SD-6. Além de Sidney, Jack e Sloane, na sua temporada inicial a série traz como personagens principais Marshal (Kevin Weisman, o
hacker e especialista em tecnologia da SD-6), Dixon (Carl Lumbly, agente da SD-6 e parceiro de Sidney nas missões), Vaughn (Michael Vartan, agente da CIA e contato de Sidney, por quem ela se apaixona), Weiss (Greg Gunnberg, agente da CIA e melhor amigo de Vaugh) e Sark (David Anders, terrorista free lancer que se junta à SD-6).

Vemos que a maior parte das missões, que levam Sidney a diversos locais do globo, inclusive ao Brasil, giram em torno dos artefatos de Milo Rambaldi (um gênio do século 15 que é uma mistura Leonardo da Vinci e Nostradamus), que são muito avançados mesmo tendo sido criados há 500 anos.

Os seguidores de Rambaldi estão espalhados por várias organizações secretas como SD-6, Diretório K, Concílio, CIA e Profeta 5. Vemos Sidney sabotando as suas missões, passando informações e artefatos não para a SD-6, mas para a CIA. Então, mais uma forte revelação: Sidney, que pensava que sua mãe morrera num acidente de carro, descobre que ela está viva e é uma ex-agente da KGB, que matou o pai de Vaughn (que também era um agente da CIA), anos atrás. Ela havia se casado com Jack para roubar informações da CIA para a KGB. À época, Sloane também era agente da CIA, antes de ficar obcecado por Rambaldi. No final da primeira temporada, Sidney é capturada por sua mãe, Irina Derevko – sem dúvida o personagem mais dúbio da série, pois em busca de seus objetivos ora age do lado dos heróis, ora alia-se aos vilões.

No inicio da segunda temporada, Irina (Lena Olin) entrega-se à CIA e ajuda no combate à SD-6. Sidney tenta se reaproximar da mãe, mesmo com os alertas e ressalvas de seu pai. No meio da temporada, todas as organizações SD espalhadas pelo mundo são desmanteladas pela CIA e começa a caçada a Sloane, que conseguira fugir. Marshal e Dixon são efetivados na CIA e auxiliam na busca por Sloane. Numa emboscada, Dixon mata acidentalmente a esposa de Sloane, que retribui mandando matar a esposa do seu ex-agente. Irina alia-se a Sloane, mas no final da temporada vemos que ela na verdade tentava deter a ameaça que ele representava, e menciona uma profecia de Rambaldi envolvendo sua filha. No episódio final Sidney enfrenta uma mortal terrorista que matara sua melhor amiga, Francie (Merrin Dungey), e através de uma avançada tecnologia chamada "Projeto Helix" replicara a sua aparência. Após a luta, Sidney desmaia e recobra os sentidos dois anos depois, na China.

No inicio da terceira temporada temos muitas reviravoltas:

  1. Sidney ficou desaparecida por dois anos, e não sabe o que ocorreu com ela nesse período;

  2. Jack esteve preso por ter infringido leis, enquanto tentava localizar sua filha;

  3. Sloane criou uma fundação beneficente, e não mais é perseguido pelo governo dos EUA, sendo inclusive um colaborador;

  4. Vaughn casou com Lauren Reed (Melissa George), uma agente da CIA;

  5. Surge Katia Derevko (Isabella Rosselini), irmã de Irina e agente soviética, que ajuda Sidney.

Durante as missões, também temos revelações surpreendentes:

  1. Sidney havia sido capturada pelo Concílio, e após sofrer uma lavagem cerebral trabalhou para eles;

  2. Ela andou escondendo artefatos de Rambaldi do Concílio, com a ajuda de um diretor da CIA (nem seu pai ou amigos sabiam disso, pois eram missões ultra secretas);

  3. Devido a todo o sofrimento que passou no período, ela mesma pediu ao diretor da CIA que apagasse sua memória;

  4. A esposa de Vaughn trabalha para o Concílio, e torna-se amante de Sark;

  5. Sloane na verdade criou sua fundação para realizar experimentos genéticos de Rambaldi e também para localizar o paradeiro de sua filha com Irina (sim, ele teve um caso com a esposa do seu amigo Jack);

  6. O pai de Vaughn havia escondido a filha de Irina e Sloane, Nadia;

  7. Eles encontram Nadia (Mia Maestro), que é uma agente do serviço secreto argentino;

  8. Katia também acaba revelando-se uma agente do Concílio;

  9. Para salvar Sidney, Vaughn mata sua própria esposa, enquanto Nadia e Sloane partem para procurar artefatos de Rambaldi.

De acordo com a profecia, a "Escolhida" (Sidney) e a "Passageira" (Nadia), vão lutar e só uma delas vai sobreviver. A temporada termina com Sidney descobrindo algo terrível sobre Jack.

No inicio da quarta temporada, Sidney entra para a APO, uma divisão secreta da CIA. Pretensamente regenerado, Sloane, por sua experiência e contatos obtidos na época da SD-6, é designado para chefiar a APO, tendo Jack como segundo em comando. Sidney protesta por ter que trabalhar novamente com Sloane, e considera muito perigoso que ele tenha acesso a recursos dos EUA. Dixon recebe ordens da Diretora da CIA Chase (Angela Bassett) para vigiar Sloane. Nadia também acaba entrando para a APO. Vemos uma tensão entre Sidney e seu pai, que é depois explicada: no final da temporada anterior ela descobrira que Jack havia matado Irina, já que soubera que ela havia contratado um assassino para eliminar Sidney. Nadia, quando sabe da morte de sua mãe, passa a querer descobrir quem é o responsável e matá-lo (mas Sidney não revela toda a verdade).

Descobre-se que Elena Derevko (Sonia Braga, irmã mais velha de Irina), procurada pela CIA, está controlando o Concílio e espionando a APO. Elena, por mais ou menos vinte anos, ficara escondida na Argentina sob falsa identidade, onde administrara um orfanato onde estava Nádia. Nadia fugira do orfanato, e depois se tornara uma ladra. Devido aos seus talentos, ela foi recrutada para uma agencia secreta falsa, similar à SD-6, e depois de descobrir a verdade consegue entrar para o verdadeiro serviço secreto da Argentina. Dixon descobre que Irina está viva, e é prisioneira de Elena. Nadia, Sidney e Jack resgatam Irina, e descobrem que ela foi forçada a construir uma poderosa arma de Rambaldi. Uma equipe é montada para deter esta ameaça. Elena ataca a Rússia com um globo que, usando a pesquisa genética feita por Sloane, infectava as pessoas, transformando-as em algo similar a zumbis. Durante a missão, Nadia é infectada e acaba lutando contra Sidney. Sloane acaba salvando Sidney, mas sua filha entra em coma. A temporada termina com Vaughn contando a Sidney que esse não é o seu nome, e que ele está envolvido em algo perigoso. Durante essa conversa, um carro atinge o veículo onde eles estavam, e ambos ficam inconscientes.

Para a conclusão de Alias em sua quinta temporada – os novos personagens, os velhos que retornam, quem vive, quem morre, qual o maior segredo de Rambaldi – aguarde uma futura matéria ou não perca as reprises da série no canal pago AXN. Melhor ainda, assista os episódios da última temporada recentemente
lançados em DVD no Brasil.

Curiosidades

  • Jennifer Garner atuara anteriormente na série de Abrams Felicity, mas foi graças ao sucesso de Alias que as portas do cinema se abriram para ela. Ela estrelou os filmes Demolidor - O Homem sem Medo, Elektra e De Repente aos 30;

  • J. J. Abrams criou as séries Felicity, Alias e Lost (todas de grande sucesso), sendo que foi depois de ter assistido a um episódio de Alias que o astro Tom Cruise o convidou para dirigir o filme Missão: Impossível 3 – ironicamente, a série original foi uma das inspirações para Alias;

  • Abrams será o responsável por outro filme baseado numa série de TV - Jornada nas Estrelas 11;

  • Alias teve suas cinco temporadas exibidas pelo AXN (a terceira também pelo canal Sony), e o SBT exibiu somente a primeira temporada, nos domingos pela manhã;

  • A série, de certa forma, foi uma mistura de James Bond com toques de Arquivo X – como nesta, a mitologia (de Rambaldi) foi tornando-se muito complexa e por vezes confusa, no decorrer de cinco anos;

  • Sloane e Irina estavam sempre em posições dúbias, e são de longe os personagens mais traiçoeiros da série;

  • A entrada de Nádia foi benéfica para a trama, já que pudemos ver o lado humano e falho de Sloane, que acabou sendo minado devido à sua obsessão por Rambaldi. Ele fez tudo ao seu alcance para encontrar sua filha e tentar criar laços com ela, mas sua obsessão e o seu passado sombrio sempre atrapalhavam. A relação de Nádia e Sloane lembra um pouco a de Luke e Darth Vader;

  • Algo engraçado, que muito lembra os filmes de James Bond, são os equipamentos das missões criados por Marshal. Como “Q” ele sempre explica como eles funcionam, sempre de uma forma um pouco cômica e divertida;

  • A série não ficou imune ao 11 de setembro de 2001, pois numa das missões Sidney vai até o Afeganistão, e enfrenta rebeldes talibãs;

  • Algo que J. J. explorou muito bem foram os sentimentos dos personagens, que eram sempre levados ao limite. Ao expor a vida afetiva e familiar de Sidney, bem como as conseqüências de seu trabalho em relação aos seus entes queridos, Abrams deu um toque muito humano à série.

Guilherme da Costa Radin

VOLTAR PARA SCI FILES