Sci Files
www.scoretrack.net

Fox Mulder (David Duchovny) e 
Dana Scully (Gillian Anderson)

O "Canceroso" (William B. Davies)

Os Pistoleiros Solitários

John Dogget (Robert Patrick) e
Monica Reyes (Annabeth Gish)

David Duchovny

Gillian Anderson

Fãs do Arquivo X-RN Excergrupo

ARQUIVO X: A CONSPIRAÇÃO DOS ANOS 90

Em 1993 estreou timidamente nos Estados Unidos, no canal Fox, a série Arquivo X (The X-Files), criada por Chris Carter. Nela fomos apresentados ao agente Fox Mulder (David Duchovny) do FBI, que trabalha num departamento denominado Arquivos X. Mulder é atomentado pelo desaparecimento de sua irmã, Samantha, supostamente seqüestrada por alienígenas. Mulder acredita na existência de um governo secreto, que talvez esteja trabalhando com os alienígenas por motivos desconhecidos. A agente Dana Scully (Gillian Anderson) é designada para os Arquivos X com a missão de desacreditar Mulder e suas teorias conspiratórias, mas  acaba tornando-se a principal aliada dele.

Carter
criou Arquivo X inspirado na série dos anos 70 Kolchak e os Demônios da Noite (The Night Stalker, que recentemente ganhou uma nova versão televisiva), e o episódio “Simpatizantes” ("Travellers") foi criado para homenageá-la. Inclusive o ator Darren MacGavin, que estrelava a série, aparece neste episódio.

Mulder teve vários informantes que ora lhe forneciam valiosas pistas, ora procuravam atrapalhar suas investigções: Garganta Profunda, O Senhor X e Marita Covarrubias. Com freqüência Mulder buscava a ajuda dos Pistoleiros Solitários, um grupo de
nerds que, assim como ele, acreditava na conspiração (um episódio do sétimo ano mostra como Mulder os conheceu).

Na segunda temporada, a gravidez de Gilian Anderson fez com que a atriz ficasse mais restrita a cenas de gabinete e, eventualmente se afastasse por alguns capítulos, o que acabou rendendo o excelente episódio duplo "Duane Berry"/"A ascensão".

A série teve alguns vilões memoráveis, como "O Canceroso" (William B. Davies) e Alex Krycek (Nicholas Lea). Por algum tempo, havia uma incógnita sobre de qual lado o chefe de Mulder e Scully, o Diretor-Assistente Skinner (Mitch Pilleggi) estava.

Muitos episódios foram escritos pelo próprio Chris Carter, porém a série utilizou um talentoso grupo de roteiristas. Dois deles, James Wong e Glen Morgan, criaram a série Comando Espacial(Space Above and Beyond),exibida pela FOX em 1995 mas que não fez sucesso,tendo só uma temporada.Eles foram melhor sucedidos com o filme Premonição, de 2001. Os Sensitivos (The Others), também da dupla de roteiristas,foi uma produção da Dreamworks em parceria com a NBC,e teve participação de Steven Spielberg.

Vários questionamentos foram colocados ao espectador, durante os nove anos de produção de Arquivo X:

1 -   O que aconteceu com Samantha Mulder?

2 -   Quem faz parte do governo secreto?

3 -   Eles estão mesmo aliados com aliens?

4 -   O que de fato é o "Sindicato das Sombras"?

5 -   Qual o papel do pai de Mulder na conspiração?

6 -   O "Canceroso" é o verdadeiro pai de Mulder?

7 -   O que é o óleo negro?

8 -   Quem são os seres sem face?

9 -   O que são os Supersoldados?

Infelizmente nem todas essas perguntas foram respondidas, embora algumas delas tenham começado a ser esclarecidas em Arquivo X - O Filme (The X Files: Fight the future), de 1998. O filme, que se passa imediatamente após os fatos da quinta temporada, para muitos marcou o início do declínio da série.

Paralelamente a
Arquivo X, Carter desenvolveu outros projetos para a TV, a maioria mal sucedida. Ele criou uma série própria dos Pistoleiros Solitários, mas esta só durou uma temporada (inconformado, Carter resolveu dar um destino trágico aos nerds, na última temporada de Arquivo X). Outra criação sua,Harsh Realm, foi abortada abruptamente pela FOX, com poucos episódios produzidos. O curioso é que, no Brasil, a Rede Record chegou a pagar pela exibição dessa série. Mas Carter teve um pouco mais de êxito com a série Millenium, que durou três temporadas, com o ator Lance Henriksen (o andróide Bishop de Aliens- O Resgate) à frente do elenco,intepretando o ex-agente do FBI Frank black. Após o cancelamento de Millenium, o personagem apareceu num episódio de Arquivo X. Este episódio,apropriadamente chamado "Millenium", pode ser considerado o episódio final da série, tanto que foi incluído no box de DVDs da terceira temporarada de Millenium.

Os episódios de
Arquivo X variavam entre aqueles centrados na conspiração, no "monstro da semana" e nos de tom mais leve, com ênfase no humor. Um dos episódios mais engraçados é “Small Potatoes”, onde uma mulher grávida, em trabalho de parto, alega que o pai do bebê é Luke Skywalker - obviamente ninguém acreditou na fã de Star Wars. Outro também engraçado é "Hollywood  A. D.", onde um cineasta acompanha a dupla numa investigação, e faz um longa para lá de divertido, baseado no que viu. A cena da lanterna é hilária. No "filme" mostrado no episódio, Scully é interpretada por Thea Leoni, esposa na vida real de David Duchovny. Um dos mais divertidos é "Vampiros" ("Bad Blood"), em que Mulder e Scully contam, cada um, sua versão do que ocorreu quando Mulder matou um suspeito de um assassinato. É hilariante ver as duas versões da história. Já o episódio “O Grande Mutato”, em preto e branco, é uma inspirada homenagem aos filmes de terror dos anos 40 e 50.

Na sétima temporada começaram a surgir problemas, devido ao estrelismo de David Duchovny, que resolveu afastar-se da série para investir na sua carreira cinematográfica. Após muita insistência de Carter, ele acabou assinando contrato para participar de metade da oitava temporada. Mas isso levou ao surgimento de um novo agente para trabalhar com Scully na ausência de Mulder: John Doggett (Robert Patrick, o andróide T-1000 de
O Exterminador do Futuro 2). Algum tempo depois, foi a vez da agente Mônica Reyes (Annabeth Gish), que na oitava temporada participa de apenas alguns episódios. Além de novos personagens, isto também levou ao surgimento de novas tramas que não ficaram muito bem encaixadas na mitologia da série, como o filho de Scully e os Supersoldados. No nono ano, Dogget e Mônica passaram a ser definitivamente a nova dupla, com Scully sendo apenas uma espécie de consultora deles. Fox Mulder só retornou no episódio final que explica, detalhadamente, o que foi a conspiração.

CURIOSIDADES:

  • O sucesso da série foi tanto que, inclusive, a dupla de agentes do FBI apareceu no desenho Os Simpsons, de forma muito divertida (as vozes eram dos próprios atores). Leonard Nimoy, o Sr. Spock de Jornada nas Estrelas,também aparece nele,e narra o estranho caso que ocorria em Springfield

  • Stephen King, o famosos escritor de livros de horror, se rendeu á magia da série e escreveu o episódio "Feitiço" ("Chinga"), mas este episódio acabou sendo  reescrito por Carter.

  • Atualmente existem muitos grupos de fãs dessa série em todo o mundo. O Arquivo X-Poa está filmando o fanfilm “La raposita”. Recentemente o Arquivo X-RN Excergrupo fez uma convenção, a Geex 2005, onde foram exibidos episódios,além de outras atrações.

Enfim, Arquivo X começou timidamente mas se tornou uma febre mundial nos anos 90. Apesar da perceptível queda na qualidade da série em suas últimas temporadas, mesmo nelas encontramos episódios excelentes, acima da média do que se produz na televisão mundial. Portanto, Arquivo X pode, merecidamente, ser considerada uma das melhores séries de TV em todos os tempos, e já está disponível na íntegra em DVD - inclusive no Brasil.

Guilherme da Costa Radin

VOLTAR PARA SCI FILES